Matérias

Lista! Sete lugares para curtir a natureza sem sair de BH

O Sou BH preparou uma lista com dicas com áreas verdes sem sair da capital

Redação Sou BH - 02/06/16 as 09:02 - Atualizado em 02/06/16 as 16:05

Parques das Mangabeiras tem imensa área verde em BH
Queda d'água no Parque das Mangabeiras: tesouro de BH Foto: Arquivo FPM

Não faz muito tempo que Belo Horizonte era conhecida nacionalmente como a “cidade-jardim”. A capital mineira ganhou essa alcunha devido às grandes áreas arborizadas que possuía e chamavam a atenção de moradores e turistas. Atualmente, os grandes prédios, as incontáveis pontes e largas avenidas ficam mais perceptíveis aos olhos de quem transita por BH, mas ainda é possível enxergar o verde dentro da nossa cidade.

Para ajudar, o Sou BH preparou uma lista com sete locais dentro de Belo Horizonte onde é possível apreciar a natureza. Tem opções para todos os gostos: caminhada, trilha, piquenique, prática de esportes e muito mais.

Se você é do tipo que gosta de estar em sintonia com o meio ambiente, aproveite as dicas e programe-se. Afinal, BH nunca vai deixar de ser a cidade-jardim!

Confira a lista:

Parque da Serra do Curral
Av. José do Patrocínio Pontes, 1951 – Mangabeiras
Entrada gratuita – Terça a domingo, das 8h às 17h
Cartão postal e símbolo de Belo Horizonte, a Serra do Curral também reserva um ótimo espaço para quem aprecia a natureza. O parque, localizado no extremo sul da capital, possui cobertura vegetal variada e trilhas desafiadoras, como a que leva até o Mirante 3, após 1,7 km de caminhada em aclive. A recompensa? Uma vista 360º do horizonte, que contempla, é claro, a capital. Existem ainda aulas gratuitas de SUP yoga, todos os sábados, a partir das 10h, e de yoga, aos domingos, também a partir das 10h.

Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG
Rua Gustavo da Silveira, 1035 - Santa Inês
Entrada: R$ 6 – Terça a sexta, das 9h às 16h; Sábado e domingo, das 10h às 17h
O conjunto formado pelo Museu de História Natural e pelo Jardim Botânico da UFMG formam uma atração imperdível em BH. Não bastassem os mais de 265 mil itens de diversas áreas do conhecimento, como botânica e zoologia, há ainda um charmoso espaço em meio à natureza. O ambiente apresenta um pouco da riqueza e da diversidade da Mata Atlântica, ideal para passar uma parte calma e relaxante. Mas, atenção: não é necessário agendar visita, mas é preciso pagar uma taxa de R$ 6 com antecedência. Informações pelo telefone: (31) 3409-7600.

Parque Municipal Jacques Cousteau
Rua Augusto José dos Santos, 366 – Betânia
Entrada gratuita – Terça a domingo, das 8h às 18h
Bem localizado no Betânia, o Parque Jacques Cousteau oferece a seus visitantes um contato rico com a natureza. Dono de uma enorme variedade de árvores que rendem deliciosos frutos, como manga e jabuticaba, o local é um ótimo exemplo de como o meio ambiente deve ser valorizado. Antes de sua criação, o espaço era utilizado como um depósito de lixo. Hoje, tudo é diferente. Uma das principais opões de lazer é a trilha ecológica, caminhada simples que pode ser feita pelos visitantes.

Parque Ecológico da Pampulha
Av. Otacílio Negrão de Lima, 6061 – Pampulha
Entrada gratuita – Terça a domingo, das 8h30 às 17h
Inaugurado em 2004, o Parque Ecológico da Pampulha se tornou, em pouco tempo, um dos grandes atrativos de BH. Também pudera. Não bastasse estar na região mais charmosa da capital, o local reserva ótimos planos para quem curte atividades ao ar livre e perto da natureza. Com ampla área verde, o Parque Ecológico é ideal para a prática esportiva e de entretenimento como andar de bicicleta, soltar pipa e fazer piqueniques em frente ao espelho d’água. Também há espaço reservado para os amantes do slack-line e uma horta alternativa, para atividades escolares, mediante agendamento prévio.

Parque Ecológico e Cultural Professor Marcos Mazzoni
Rua Deputado Bernardino de Sena Figueiredo, 1022 - Cidade Nova
Entrada gratuita - Terça a domingo, das 7h30 às 18h
Conhecido como Parque da Cidade Nova, o espaço surgiu há quase 30 anos, fruto dos esforços dos moradores locais. Hoje em dia, é um espaço de calmaria próximo à movimentada Avenida José Cândido da Silveira, na altura do bairro Cidade Nova. Sua vegetação é exótica, o que atrai aves de espécies diversas. Para os visitantes, as principais atrações são a área de brinquedos, o teatro de arena e uma biblioteca mantida pela própria comunidade. Agora, é só escolher seu livro e sentar embaixo de uma árvore para ler em sintonia com a natureza.

Parque das Mangabeiras
Av. José do Patrocínio Pontes, 580 – Mangabeiras
Entrada gratuita - Terça a domingo, das 8h às 17h
Ok, o Parque das Mangabeiras não é novidade para nenhum belo-horizontino. Mas, você já tentou conhecê-lo a fundo? O local tem a maior área verde de BH e guarda trilhas para quem tem o espírito aventureiro ou apenas gosta de caminhar em meio à mata nativa e aos animais silvestres, respirando ar puro e admirando belas paisagens. Se quiser fazer um piquenique, procure a Ilha do Passatempo, local perfeito para se desligar da correria do dia a dia. O destaque fica bem escondido: a Nascente Cascatinha, uma bonita queda d’água de fácil acesso. Vai um mergulho? Desafio

Parque Nossa Senhora da Piedade
Rua Rubens de Souza Pimentel, 750 - Aarão Reis
Entrada gratuita – Terça a domingo, das 8h às 18h
Desde 2008, o espaço arborizado faz parte da comunidade do bairro Novo Aarão Reis, na Região Norte da capital. O local conta com um lago artificial e tem ótimas opções de lazer para as crianças, espaço para exercícios físicos e ambiente calmo para contemplação da natureza.

Outras Matérias