Matérias

Por dentro do MM Gerdau

Mineração e metalurgia são retratadas no espaço

Redação Sou BH - 26/01/15 as 11:10 - Atualizado em 26/01/15 as 11:10

MM Gerdau- Museu das Minas e do Metal  que faz parte do Circuito Cultural  Praça da Liberdade
MM Gerdau- Museu das Minas e do Metal que faz parte do Circuito Cultural Praça da Liberdade Foto: Jomar Bragança

Por Débora Gomes, jornalista Sou BH

Não dá para negar que o delicado “Prédio Rosa”, na Praça da Liberdade, chama atenção por sua popularidade e imponência. Tombado pelo Instituo Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, o edifício, que começou a ser construído em 1895, abriga um acervo que muita gente desconhece, de duas das principais atividades econômicas de Minas: a mineração e a metalurgia, dando origem ao MM Gerdau- Museu das Minas e do Metal.

Em sua fachada, destacam as grandes colunas avermelhadas, feitas em pedras de calcário, bem parecido com o mármore. Projetado pelo arquiteto José de Magalhães, o edifício só foi inaugurado em 1897, junto com a capital mineira e, acreditem: ele ainda possui, em pleno funcionamento, um dos primeiros elevadores de BH, de 1926.

Ao todo, o museu contém 18 salas, que apresentam de forma criativa o universo dos metais, minerais e seus componentes. Por essas salas, são distribuídas 44 atrações, das quais 11 são instalações detalhadas, dedicadas às principais minas do Estado.

O espaço possui também um café, com lanches leves, sucos e chás especiais, ideal para uma reunião de negócios ou um encontro com os amigos. O MM Gerdau indica que o visitante não deixe de conferir a atração “Mina de Morro Velho”, que resgata o passeio de Dom Pedro II e da Imperatriz Teresa Cristina à Mina de Morro Velho.

O espaço fica aberto para visitação gratuita, de terça-feira a domingo, de 12h às 18h. Às quintas-feiras, de 12h às 22h. Para mais informações, (31) 3516-7200.

Outras Matérias