Matérias

O que tem em BH? Espaços Culturais

O Sou BH listou alguns dos espaços culturais da cidade que um turista não pode deixar de visitar

Redação Sou BH - 11/06/15 as 16:18 - Atualizado em 15/06/15 as 00:01

Turismo em BH: Praça da Liberdade é um dos principais cartões postais de BH
A Praça da Liberdade, localizada no bairro de Lourdes, é um dos principais cartões postais de BH Foto: Isabel Baldoni

Em 13 de junho comemoramos o Dia do Turista e para celebrar destacamos alguns espaços de Belo Horizonte, famosos por sua beleza e delicadeza que devem ser considerados no roteiro de qualquer visitante.

A capital mineira está repleta de espaços aconchegantes, praças e parques. A cena cultural de BH também é muito forte, composta por vários museus e espaços culturais. Para quem é mais agitado, balada e boteco é que não falta. Já sabemos que por aqui tem entretenimento e diversão para todos os gostos, então é só fazer as malas, escolher seu programa favorito e seja bem-vindo!

Bem, se você deseja conhecer museus, podemos começar pelo lugar que abriga o maior número de equipamentos culturais por metro quadrado em BH: o Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Ele fica instalado nos arredores da Praça da Liberdade, - um dos mais famosos cartões postais de BH que também é um lugar de fácil acesso na região Centro Sul da capital.

É composto por museus como o Memorial Minas Gerais Vale, Museu das Minas e do Metal, e Museu Mineiro. Entre muitos outros espaços culturais, o circuito abriga ainda as Biblioteca Pública, a Casa Fiat de Cultura e Centro Cultural Banco do Brasil (que figura na lista dos museus mais visitados do mundo). Ali nas imediações da praça você também vai encontrar o Cine Belas Artes, um dos últimos cinemas de rua da cidade e que exibe filmes que normalmente ficam de fora do circuito comercial, tipo aquele longa-metragem francês que você queria parar para ver e não teve tempo...

A maioria dos espaços culturais do circuito têm entrada franca e também possuem “cafés” aconchegantes para fazer aquele lanchinho ou descansar um pouco durante o tour. Nos cardápios você vai encontrar estrelas da nossa gastronomia, como o pão de queijo com cafezinho e a coxinha de catupiry (diz a lenda que ela surgiu aqui, sabia?).

O circuito é bacana de visitar, porque reúne muitos equipamentos em uma só região, então você economiza tempo e dinheiro de descolamento, mas se tiver mais tranquilo não deixe de ir a Pampulha, que abriga lindas construções projetadas por Oscar Niemayer, a própria Lagoa e a Igreja de São Francisco de Assis, outros lindos cartões postais da cidade. Lá pertinho também tem a Fundação Zoo-botânica, o Jardim Zoológico e o Parque Ecológico da Pampulha - lugares para relaxar e curtir a natureza. Se quiser conhecer outros parques da cidade, acesse nosso especial.

Temos também uma lista dos museus que estão instalados em outros cantos da cidade e você também poderá visitar. Clique aqui para conhece-los.

Se despedindo do Circuito Cultural você terá duas opções. Uma delas é descer caminhando pela Rua da Bahia, passando por prédios tombados como o do Museu Inimá de Paula e do Centro de Cultura. A Rua da Bahia também figura na história de BH como o local que reunia grande número de ‘cafés’ e bares frequentados por grandes pensadores e escritores mineiros na década de 1920. Fizemos uma matéria sobre isso, se quiser ler acesse aqui

Por esse caminho você chega ao Parque Municipal e dependendo do horário vai pega-lo aberto ainda (até às 17h). Do ladinho do parque tem o Palácio das Artes, local que abriga grandes shows e espetáculos da cidade, algumas galerias de arte com entrada franca, o Cine Humberto Mauro e um “café”. O cinema da Palácio exibe todos os meses mostras com temas diferenciados, com entrada gratuita em sessões diárias. Sensacional, não é?

O outra opção de saída do Circuito te leva direto para a Savassi, um dos locais que faz jus à boníssima reputação que BH tem de “capital dos botecos”. Mas isso já é assunto para outra conversa. Se quer saber mais, clique aqui.

Confira outras matérias especiais sobre regiões famosas de BH

O que é que o Barreiro tem?

O que que o Floresta tem?

O que é que o Centro tem?

O que é que o Prado tem?

O que é que Santa Tereza tem?

Para saber tudo o que acontece na cidade, ter outras opções de lazer e entretenimento, acesse a agenda do Sou BH.

Outras Matérias