FecharX

Invenção de médico brasileiro é exportada para 80 países

Primeiro aparelho da oftalmologia mundial, criado inteiramente em impressora 3D, traz mais segurança e conforto para pacientes e cirurgiões


Créditos da imagem: Almir S. Gomes
Main cr%c3%a9dito almir s. gomes   gscbh
Mili Santos
30/07 às 09:00
Atualizado em 30/07 às 09:00

Depois de ser reconhecido internacionalmente, o Canabrava’s Ring (Anel de Canabrava), criação do oftalmologista mineiro Sérgio Canabrava, já está disponível para uso em cirurgias pelo mundo. Anel produzido em material biocompatível e quase microscópico - 0.6 mm de altura e 6.5 mm de diâmetro - auxilia as operações de catarata de pessoas com a síndrome da “Pupila Pequena” - condição que atinge 5% da população. O trabalho recebeu prêmios nacionais e internacionais, como o 3rd prize innovative – ESCRS 2015, Best paper of the session ASCRS 2017 e o primeiro lugar em Catarata geral na BRASCRS 2018.


Desenvolvido em 2015, com o diferencial de ter sido o primeiro aparelho oftalmológico fabricado inteiramente em impressora 3D, o produto passou por várias etapas processuais e burocráticas até que ficasse acessível à população, como: testes em computador, testes em olhos de porco, autorizações de pesquisa, testes em humanos, publicação em congressos, estudos científicos, publicações em revistas, patente, negociações com a indústria, Anvisa, importação e, agora, venda. “As dificuldades para produzir cientificamente no Brasil, ainda mais sem apoio financeiro, são enormes. No entanto, com amor pelo estudo e a perseverança de avançar, mesmo com essas etapas árduas, é possível atingir nossos objetivos”, conta o Doutor Sérgio.


Atualmente os médicos já podem aconselhar aos pacientes com dificuldade na dilatação do olho a optarem pelo uso do Canabrava’s Ring nas cirurgias. “O anel expande a pupila e cai de cinco para um o número de incisões necessárias para a retirada da catarata pelos oftalmologistas”, explica.


Fabricado, industrializado e distribuído por um laboratório espanhol, o custo do anel na Europa é de €$ 40. No Brasil, o material chega por €$ 80, mas sai em média a R$ 600, já com todos os impostos.

Sobre o Dr. Sérgio Canabrava

O Dr. Sérgio Canabrava graduou-se em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2004. Fez especialização em oftalmologia com ênfase em cirurgia de catarata e em doenças da retina pela Clinica de Olhos da Santa Casa de Belo Horizonte.

Em 2010 embarcou para Barcelona e realizou estudos internacionais no Instituto Barraquer de Oftalmologia. Voltou ao Brasil e assumiu o cargo de preceptor do Departamento de Catarata da Clínica de Olhos da Santa Casa de Belo Horizonte. Realizou acompanhamento em Cirurgia de Catarata à Laser na Clínica de Olhos Rementeria - Madrid - Espanha. Nos anos de 2015 e 2016, recebeu várias premiações internacionais pelo desenvolvimento do "Anel de Canabrava".

Comentários