FecharX

Centro de Telessaúde lança chatbot para auxiliar no combate ao coronavírus

O chatbot busca orientar e informar cidadão que tiver dúvidas em relação à COVID-19 e avaliar seu estado de saúde



Créditos da imagem: TippaPatt/shutterstock
Main destaque tippapatt
Redação
15/05 às 11:00
Atualizado em 21/05 às 10:14

O Centro de Telessaúde do Hospital das Clínicas da UFMG/Ebserh lançou um chatbot para orientar e informar o cidadão com dúvidas relacionadas à COVID-19 e avaliar o seu estado de saúde. O Telecovid-19, uma plataforma digital automática de autoavaliação, foi programado para oferecer um primeiro nível de atendimento ao paciente, classificando-o por prioridade: emergência, urgência, casos moderados ou leves. A iniciativa ajudará a proteger as pessoas, evitando deslocamentos, filas e aglomerações desnecessárias nas unidades de saúde.

 

O chatbot está disponível no site do Centro de Telessaúde e pode ser acessado gratuitamente por pessoas de qualquer parte do mundo. A plataforma funciona por meio da assistente virtual Ana, que ao ser acionada inicia a conversa com perguntas básicas como nome, idade e sexo. Em seguida, o internauta pode escolher esclarecer dúvidas sobre sintomas ou obter informações atualizadas sobre a doença.

 

A médica e coordenadora científica do Centro de Telessaúde do HC, Milena Soriano, explica que o conteúdo foi elaborado por uma equipe composta por médicos e programadores, que seguiram as diretrizes e os protocolos do Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Anvisa, tendo como referência ainda diversos artigos científicos publicados sobre a Covid-19 desde o início da pandemia. A equipe também fez um levantamento das dúvidas relacionadas ao coronavírus mais frequentes na população. “À medida que surgirem novas evidências e novos achados, nós iremos inserir essas informações no chatbot, já que se trata de uma doença nova e ainda pouca estudada”, comenta Milena. 

Tags:
  • sou bh
  • Coronavírus
  • chatbot
  • Centro de Telessaúde
  • hospital das clínicas ufmg
  • covid-19
Comentários

Comentários