FecharX

Belo Horizonte vai ganhar novas unidades de coleta de leite materno

Serão três novos postos espalhados pela cidade e outras dois centros de saúde já fazem estudos para a implantação


Créditos da imagem: comzeal images/shutterstock.com.br
Main shutterstock 742203790
Redação Sou BH
23/03 às 11:00
Atualizado em 23/03 às 11:00

Belo Horizonte vai ganhar novas unidades de coleta de leite materno. Os Centros de Saúde Leopoldo Crisóstomo, Vera Cruz e São José Operário estão concluindo a fase de projetos para abrirem postos de captação.

 

Além desses três novos locais, os centros de saúde Vila Maria e Marco Antônio de Menezes estão fazendo estudos para a possível implantação. 

 

A professora Mariana Oliveira ainda está no período de amamentação do pequeno João, de nove meses. Mariana se sentiu motivada a fazer a doação após conhecer a realidade dos bebês recém-nascidos, na Maternidade Odete Valadares. "Esse serviço é fundamental na hora de ajudar os bebês que estão internados, principalmente os de baixo peso. E é muito importante porque os profissionais dos centros de coleta ajudam também as mães que tem problemas durante a amamentação. Muitas vezes a gente acha que vai ser tranquilo mas costuma surgir uma série de dificuldades, que em alguns casos, até fazem a mãe parar de amamentar", comenta. 

 

Por mês, o posto de coleta de leite da Unidade de Referência Secundária Saudade envia cerca de 25 litros de leite para a Maternidade Odete Valadares, hospital referência em banco de leite no Estado. Só no ano passado foram enviados, aproximadamente, 250 litros. O leite materno é um alimento completo que ajuda na recuperação dos bebês internados em hospitais. Para se ter uma ideia da importância dele, 1 litro de leite humano pode sustentar até 10 recém-nascidos por dia. A depender do peso do prematuro, 1 ml já é suficiente para nutri-lo a cada vez que for alimentado.

 

Saiba onde doar 

 

Veja outros pontos de coleta disponíveis na cidade: 

 

Barreiro: Vila Cemig

Centro-sul: Cafezal, Nossa Senhora Aparecida e Padre Tarcísio

Leste: Alto Vera Cruz, Boa Vista, Granja de Freitas, Paraíso, Pompeia, Novo Horizonte e Taquaril 

Nordeste: Olavo Albino, Cachoeirinha e Vila Maria

Norte: Novo Aarão Reis

Pampulha: Trevo 

Venda Nova: Venda Nova, Copacabana, Lagoa


No Brasil


A Rede de Banco de Leite Humano (rBLH) brasileira é a maior do mundo, e conta com 2.019 bancos e 196 postos de coletas espalhados por todos os estados do país. Em 2001, a Organização Mundial da Saúde (OMS), reconheceu a rede como uma das ações que mais contribuíram para a redução da mortalidade infantil. Desde a criação, em 1990, até 2012, a taxa foi reduzida em 70% no território nacional. 


Em 2017, foram distribuídos 155 mil litros que beneficiaram 198 mil recém-nascidos de baixo peso, internados em unidades neonatais. Até a primeira semana de maio de 2018, os Bancos de Leite receberam mais de 62 mil litros, vindos de 51 mil doadoras. 

Tags:
  • eusoubh
  • soubh
  • saúde
  • serviçodecoleta
  • belohorizonte
  • amamentação
  • mães
  • leitematerno
Comentários

Comentários