FecharX

10 dúvidas mais frequentes em odontopediatria

Você tem dúvidas sobre a escovação dos dentes de seu bebê? Saiba o que tem a dizer a especialista em Odontopediatria Denise Oliveira Ribeiro sobre o assunto


Créditos da imagem: Banco de imagens
Main 195831 crianca sorrindo dicas em odontopediatria
Especialista em Odontopediatria pela Faculdade de Bauru/SP dá dicas sobre a escovação dos dentes em crianças
Redação Sou BH
14/07/15 às 18:41


Por Denise Oliveira Ribeiro, do grupo de mães Padecendo no Paraíso

Denise Oliveira Ribeiro faz parte do grupo de mães Padecendo no Paraíso. Ela é especialista em Odontopediatria pela Faculdade de Bauru/SP e esclarece dúvidas sobre a escovação dos dentes em crianças. Confira!

1 - É necessário escovar os dentinhos do bebê?

Sim, sempre. O primeiro dente apareceu, já é momento de escovar. Quando o dente está na cavidade bucal já pode ser colonizado por bactérias que causam a cárie e se a escovação e o controle da ingestão de açúcar não acontecerem, a lesão de cárie poderá surgir.

2 - O bebê sofre com a erupção dos dentes?  

O nascimento dos dentes causa uma pequena inflamação local, mas totalmente natural e fisiológica. Alguns bebês sentem mais, outros não apresentam sintomatologia alguma. Coceira na região, vermelhidão e febre baixa são alguns desses sintomas, derivados dessa inflamação local.

3 - É comum o bebê ter diarreia quando os primeiros dentinhos começam a apontar?

Quando os dentes estão irrompendo, existe a inflamação local que gera coceira na região. Para aliviar, é comum o bebê coçar com objetos variados, brinquedos, comida ou o que encontrar pela frente. Ao introduzir objetos na cavidade oral, é comum adquirir infecções secundárias e as famosas viroses, o que vem a causar, paralelamente, diarreias e/ou febres altas.

4 - O surgimento dos dentinhos faz o bebê babar mais?

Sim, o irrompimento dos dentes coincide com a maturação das glândulas salivares, que passam a produzir mais saliva, se preparando para proteger os dentes e começar sua participação na mastigação. Além disso, o bebê está começando a aprender a deglutir, acumulando saliva com mais facilidade.

5 - E se o bebê não deixar escovar os dentes?

 O bebê chora, em alguns casos, porque não têm o hábito de ter sua boca manipulada, mas é importante insistir para que ele acostume com o hábito. Fica a dica: a hora do banho é um bom momento para iniciar a escovação de forma tranqüila e carinhosa.

6 - Bebês têm cáries? 

Sim, claro. E acontece muito devido a crença que bebês não têm este problema. A partir do momento em que o dente fica exposto a restos de alimentos, ele também fica exposto às bactérias que causam a cárie. O uso de mamadeiras/peito noturno sem higienização em seguida é o maior causador deste tipo de cárie, mais conhecida como cárie de mamadeira. Essas lesões começam com aparecimento de manchas brancas opacas, têm progressão rápida e severa e causam grande destruição nos dentes de leite.

7 - Antibióticos prejudicam a dentição? 

Isso é um mito. Antigamente, a tetraciclina, um antibiótico que era utilizado em crianças, manchava os dentes permanentes que estavam sendo formados. Hoje, essa medicação não é mais usada. O grande problema das medicações em crianças é que elas são apresentadas normalmente em forma de xaropes ou soluções açucaradas. A higiene bucal deve ser realizada sempre após a administração de medicamentos.

8 - Quando a criança já pode escovar os dentes sozinha?

Por volta dos sete anos, a criança já está apta a escovar os dentes sozinha, mas ainda deve ser supervisionada. Antes disso, ela pode brincar com a escova e ser estimulada a escovar, mas os pais devem fazer a escovação, inclusive da língua. O uso do fio dental é importante nos dentes que ficam mais juntinhos.

9 - Que tipo de mamadeira usar para bebês que não podem ser amamentados no peito?

As mamadeiras devem ter os bicos ortodônticos, com tamanhos adequados a cada idade do bebê. Algumas mães têm o hábito de aumentar o furo do bico da mamadeira, para que a criança mame mais rápido ou com menos esforço. Isso nunca deve ser feito. O furo deve ser bem pequeno para que sirva de estímulo para a sucção.

10 - Mamadeira, chupeta e chupar o dedo entortam os dentinhos?

São vários fatores que podem prejudicar o posicionamento dos dentes das crianças: uso de chupeta, mamadeiras e dedos, genética, respiração bucal, perdas precoces de dentes, entre outros. O importante é orientar os pais a removerem esse hábito na idade adequada, de preferência, antes de 2 anos de idade, mesmo que a avó ou a sogra achem uma maldade!!

Se depender de nós, odontopediatras, esses sorrisos vão continuar encantando a todos por muito tempo! Nós estamos trabalhando pra isso!

Comentários