FecharX

Toque de recolher é suspenso em Minas Gerais até quarta-feira

A proibição de reuniões familiares, outra medida da Onda Roxa, também foi suspensa



Créditos da imagem: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
Main toque de recolher
A partir de quarta-feira (7) tudo pode mudar, pois será realizada nova reunião do Comitê de Enfrentamento da Covid-19 que poderá definir outras estratégias para o combate à pandemia
Redação Sou BH
06/04 às 08:56
Atualizado em 06/04 às 08:56

Medidas da “Onda Roxa” do Minas Consciente, programa de combate à Covid-19, o toque de recolher e a proibição de reuniões familiares foram suspensos temporariamente em todo o estado de Minas Gerais até quarta-feira (7).

A decisão foi possível em função de um acordo de conciliação referendado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que atende a uma ação popular ajuizada pelo deputado estadual Bruno Engler e se baseia na interpretação de que há inconstitucionalidade nas medidas, que impediriam o direito de ir e vir dos mineiros.

A partir de quarta-feira (7) tudo pode mudar, pois será realizada nova reunião do Comitê de Enfrentamento da Covid-19 que poderá definir outras estratégias para o combate à pandemia.

Participaram da audiência, o presidente do TJMG, Gilson Soares Lemes; o relator do agravo de instrumento Maurício Soares; o secretário Geral de Estado de Minas Gerais, Mateus Simões; o advogado Geral do Estado de Minas Gerais, Sérgio Pessoa; o deputado Bruno Engler, autor da ação; o procurador adjunto do Ministério Público de Minas Gerais, Carlos André Mariani; o advogado Luiz Márcio Siqueira e a promotora Vanessa Campolina.

Tags:
  • toque de recolher
  • belo horizonte
  • bh
  • Onda roxa
  • governo de minas
  • prisão
  • obrigatoriedade
Comentários

Comentários