FecharX

Startup mineira oferece chás de bebê on-line

O serviço, que já era utilizado por várias mães, viu sua demanda crescer desde o início do isolamento social no Brasil


Créditos da imagem: Divulgação/Startup EuNeném
Main destaque eu nenem
Redação
16/05 às 13:00
Atualizado em 21/05 às 10:14

Com a pandemia do novo coronavírus, o que era pra ser um momento especial na vida de muitas gestantes acabou se tornando motivo de preocupação. Além da ansiedade e insegurança, que já são comuns na gestação, a nova realidade aumentou a preocupação com a saúde do bebê, além de outros problemas, como a organização do chá de bebê. 

Com o objetivo de ajudar as mamães a realizarem o chá de bebê e fraldas on-line, a Startup EuNeném oferece a possibilidade de fazer a comemoração sem sair de casa, através de uma plataforma de compra de presentes. A EuNeném funciona assim: o convidado do chá de bebê escolhe um presente virtual, que simboliza o que gostaria de dar, e a mãe recebe o valor dos presentes em dinheiro. Dessa maneira, ela pode usar o crédito para comprar o presente recebido ou outra coisa que esteja precisando no momento.  

As funcionalidades básicas da plataforma são gratuitas, ou seja, todos podem criar uma lista de presentes. E, somente quando um presente é recebido, é cobrada uma taxa de serviço no momento da transação. Além da lista e compra de presentes, o site tem dois sistemas adicionais que se tornaram gratuitos para as mães usarem no chá de bebê durante a pandemia. “Antes do isolamento social, cobrávamos pela geração de convites personalizados e pelo gerenciamento do controle de envio e recebimento dos convites. Entendemos que as gestantes precisam da EuNeném mais do que nunca e, por isso, resolvemos liberar essas funcionalidades para serem totalmente gratuitas”, conta Ricardo Basques, CEO da Startup.

Tags:
  • pandemia
  • startup
  • online
  • chá de bebê
  • euneném
  • sou bh
Comentários

Comentários