FecharX

Culinária Contemporânea foi tema do Sou BH Talks

Pati Lisboa recebeu os chefs Cristóvão Laruça, do Restaurante Caravela; e Marco Giordano Orsini, do Villa Celimontana



Créditos da imagem: Shahril KHMD/shutterstock
Main destaque shahril khmd
Redação Sou BH
25/10 às 22:20
Atualizado em 28/10 às 15:22

O Sou BH Talks do último domingo trouxe um bate-papo descontraído sobre Cozinha Contemporânea. Você já ouviu falar nesse estilo de culinária? Sabe o que esse conceito significa? Essa tendência da gastronomia utiliza ingredientes diferentes e mistura sabores e técnicas, a ponto de não se saber a que região específica, ou culinária, o prato origina-se. Ela também pode ser denominada como um conceito livre dentro da gastronomia, ou seja, a criação e recriação de receitas sem apegos rígidos, dando asas à imaginação, agindo com liberdade e criatividade.

Para falar sobre o assunto, Pati Lisboa recebeu os chefs Cristóvão Laruça, do Restaurante Caravela; e Marco Giordano Orsini, do Villa Celimontana.

Abrindo a conversa, os chefs falaram um pouco sobre o que é, na prática, a Cozinha Contemporânea, e como ela é aplicada no dia a dia e nos restaurantes deles. Cristóvão contou sobre como ele vê a cozinha como uma experiência, e Marco afirma que para ele, cozinha contemporânea tem muita relação com tecnologia e globalização.

Tecnologias e multiculturas aliadas à cozinha

Sobre o uso das tecnologias no preparo de refeições, Cristóvão Laruça acredita que é possível hoje, com todo equipamento disponível, entregar qualidade e rapidez para os clientes. “É preciso separar um pouco o que é a montagem de uma cozinha moderna contemporânea, para propriamente a elaboração dos pratos. Hoje o cliente quer a máxima qualidade no menor tempo possível. Então, a gente tem que ter cozinhas modernas, com equipamentos modernos, que nos permitem estar um passo à frente e conseguir entregar qualidade, mas com uma velocidade. Nós trabalhamos com ultra congeladores, aliados a embaladuras a vácuo e claro, à segurança alimentar, então, isso é a cozinha moderna, de um restaurante que consegue entregar qualidade e velocidade. Aí tem a parte de técnicas, que precisa de estudos, e se inspirar no trabalho de outros chefs, pesquisar e colocar em prática”.

Marco Giordano acredita que manter a tradição no meni é importante para celebrar as tradições culinárias. “É claro que a gente apresenta um tipo de cardápio diferenciado. Então, com certeza, colocar pratos contemporâneos, com nomes diferentes, não é fácil. A gente tem um desafio tentando explicar. Mas eu acho que pratos não podem ser mudados. A gente tem que pensar bem no que colocar no cardápio, deixar o cliente à vontade, escolher o prato sem ter engano de conhecimento, e ser bem claro na apresentação dos produtos”.

O bate-papo não parou por aí, os convidados ainda falaram sobre preconceitos em torno do conceito de Cozinha Contemporânea, apresentação dos pratos, responderam perguntas e muito mais!

Assista ao programa completo!


Sou BH Talks

Desenvolvido para gerar conteúdo de qualidade, a Claro apresenta o Sou BH Talks, uma opção leve e inteligente para que o público interaja e se informe. Temas diversos, são abordados: desde empreendedorismo a cinema, além de pocket shows com artistas importantes do cenário nacional e local. Após o grande sucesso das primeiras temporadas, a equipe do Sou BH repete o formato do projeto, no mês de agosto, com mais assuntos e lives inteligentes no mundo virtual. Siga as redes sociais do portal e fique por dentro de toda a programação.

Tags:
  • Culinária Contemporânea
  • sou bh talks
  • cristóvão laruça
  • Marco Giordano Orsini
  • gastronomia
  • bh
Comentários

Comentários