FecharX

Santuário do Caraça: qual o motivo do nome de um dos mais belos destinos de MG?

Local, que hoje é considerado uma das Sete Maravilhas da Estrada Real, chama a atenção de turistas de todo o mundo com suas paisagens exuberantes



Créditos da imagem: Livre Partida/ shutterstock
Main shutterstock 1601644597
Redação Sou BH
08/09 às 15:28
Atualizado em 08/09 às 15:28

Muito mais que apenas um destino turístico, aliás, um dos mais conhecidos e buscados por turistas em Minas Gerais, o Santuário do Caraça cativa os visitantes com toda a sua riqueza ambiental, cultural e gastronômica. Procurado por pessoas que buscam, principalmente, tranquilidade e contato com a natureza, o local é também um baú de histórias que vale muito a pena ser conhecido.

A primeira notícia que se tem do Caraça data de 1708, quando o local aparece em um mapa da Província de Minas. Em 1716, num registro histórico, é mostrado o Arraial do Inficionado do Caraça. Vestígios na região do Tanque Grande e dos Pinheiros apontam para a existência de antigos garimpos, provavelmente do século XVIII. Quando o Irmão Lourenço de Nossa Senhora decidiu comprar a sesmaria do Caraça e se instalar lá, o objetivo era devotar sua vida à obra de Deus e à divulgação do Santuário do Caraça como lugar de retomada da vida à luz do projeto de Deus, sob a proteção de Nossa Senhora Mãe dos Homens. O Irmão permaneceu na região até o dia de sua morte, quando os outros missionários continuaram sua obra.

Qual a origem do nome “Caraça”?

Existem algumas curiosidades bem interessantes e que poucas pessoas sabem sobre a teoria da origem do nome Santuário do Caraça. De acordo com Márcio Mol, gerente geral do local, duas hipóteses apontam para a escolha. “O Caraça seria o formato de um rosto humano na Serra do Espinhaço. Essa explicação é corrente no tempo do Colégio e comentada por Dom Pedro II, em seu diário. Todavia, o que pesa contra esta explicação é o fato de o Caraça ter sido sempre citado no masculino e nunca no feminino (Serra da Caraça), como deveria ser, já que caraça, compreendido como cara grande é palavra feminina", explica. 

Ainda segundo o gerente, outra possibilidade pode ter levado à escolha do nome do Santuário. "O Caraça seria o grande desfiladeiro existente na Serra do Espinhaço nesta região. Essa foi a explicação dada por Auguste de Saint-Hilaire e acolhida por José Ferreira Carrato, em sua tese de doutorado sobre o Caraça (As Minas Gerais e os Primórdios do Caraça), publicada no ano de 1963. Vale lembrar que Caraça, em tupi-guarani, significa desfiladeiro ou bocaina, como hoje é chamado o portentoso vale entre os Picos do Sol e do Inficionado. Essa, inclusive, até chega mais perto, mas como disse, são possibilidades para que o turista que vier visitar o Caraça, tire por ele mesmo. De qualquer forma, vale a pena conhecer as belezas naturais do local e pensar, in loco, sobre as razões que levaram a escolher do nome", conclui. 

Crédito: Raphael Comber Sales/ shutterstock

Tags:
  • sou bh
  • minas gerais
  • santuário do caraça
  • curiosidade
  • ponto turístico
Comentários

Comentários