FecharX

Projeto social leva cultura e transforma a vida de crianças na capital

Além de oferecer aulas gratuitas de balé, o Proação também conta com duas casas de acolhimento no bairro Prado


Créditos da imagem: J. Urias
Main 210432 1475912 1742883379270423 3038209657842218548 n
Redação Sou BH
25/12/18 às 12:41
Atualizado em 01/02 às 17:46

* Por Amanda Santos

Investir em arte e cuidado é um dos objetivos do Proação. A entidade sem fins lucrativos promove a inclusão social de jovens e crianças com atividades de cultura e do lazer, além de manter duas casas de acolhimento na capital.

A ONG, fundada em 2005, pela presidente Angela Proença, conta com três projetos paralelos mantidos por doações de parceiros e moradores que apoiam a causa. Com quase 13 anos de história, o projeto tem transformado a vida da população local. 

O Núcleo de Cultura, iniciado em 2015, no bairro Nova Vista, oferece aulas de balé para 140 meninas de 3 a 18 anos e tem sido um grande caminho para o fortalecimento da autoestima e da realização pessoal dos beneficiados.  

Nádia Amaral, funcionária há quase nove anos do Proação, conta que as apresentações de final de ano são sempre uma emoção. “A alegria, o entusiasmo e o brilho nos olhos é emocionante. Esse incentivo que o projeto oferece é muito importante. A sala que elas ensaiam é superpequena, não tem uma estrutura de sala de balé, mas mesmo assim é fantástico.”

Para participar das atividades, é necessário estar regularmente matriculado na escola e ter um bom rendimento escolar. As inscrições começam no final de janeiro e início de fevereiro de cada ano.

Casas de Acolhimento

O Proação também possui duas casas de acolhimento localizadas no bairro Prado. Os espaços, conveniados com a Prefeitura de Belo Horizonte, foram desenvolvidos para atender crianças retiradas de seus lares por determinação judicial e oferecem amor e carinho para os moradores.

A casa Filhos de Nazaré, criada no final de 2010 em parceria com a Jornada Solidária, abriga 15 crianças com idades entre zero a sete anos. Já Mãos de Maria, fundada em 2012 e pioneira no estado de Minas Gerais, acolhe somente bebês de zero a doze meses.  

Em média, 20 voluntários passam pelo projeto todo mês. Eles se revezam de acordo com uma escala de dias e a programação de atividades. Além de ensinar o dever de casa das escolas, eles dão oficinas de recreação, ajudam a cuidar do jardim e fazem outros serviços.

Nádia, que veste a camisa do projeto, desde que foi apresentada a ele por um amiga, diz que o trabalho tem um impacto social muito especial. "O Proção é feito com toda seriedade que um projeto precisa ter. Dar para aqueles tudo aquilo que eles não têm condição, transforma vidas", revela.  

Proação Fashion Day

O evento, conhecido por reunir importantes marcas do mundo da moda, é uma das principais formas de arrecadar fundos para a ONG. O desfile, que acumula 11 anos de história, conta com o suporte de diversos artistas que acreditam na iniciativa.

Nomes como Jota Quest, Iza, Victor e Léo, e marcas como PatBO, Apartament0 03, Victor Dzenk e Alex Moreira Alta Costura, já participaram do Proação Fashion Day. O Corpo de Baile Proação também se apresenta em todas as edições. 

Os interessados em contribuir com doações de dinheiro, alimentos e até mesmo serviços voluntários, devem entrar em contato pelo telefone (31) 3685 - 5758. Para acompanhar as atividades do projeto clique aqui

*sob supervisão da editora-chefe, Érika Gimenes

Comentários