FecharX

Prefeitura propõe redução no valor da conta de luz

Desconto de 10% seria dado na taxa de Contribuição para o Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (CCIP)


Créditos da imagem: Adão de Souza/PBH
Main 134034 ilumina%c3%a7%c3%a3o ledad%c3%a3o de souza
Redação Sou BH
25/01 às 11:44
Atualizado em 01/02 às 17:02

O prefeito Alexandre Kalil assinou um projeto de lei que vai reduzir o valor da conta de luz dos moradores de BH. O projeto prevê a redução de 10% da Contribuição para o Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (CCIP), que é cobrada dos imóveis de Belo Horizonte, junto com a conta de luz.   

De acordo com Fuad Noman, secretário municipal de Fazenda, a proposta de redução foi feita graças à economia no consumo da iluminação depois da substituição de lâmpadas comuns por LED, feito pela BHIP (empresa responsável pelo serviço). 
 
“A Prefeitura está pagando pela iluminação pública 10% menos em relação aos valores que eram pagos antes do início do plano de modernização e, por isso, o prefeito determinou que fosse providenciada a redução da Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública”, afirmou Noman.
 
Modernização de mais de 40% da iluminação 
 
Dos 180 mil pontos que compõem a planta da iluminação pública de Belo Horizonte, mais de 72 mil pontos de luz já foram modernizados, desde outubro de 2017, o que corresponde a mais de 40% do sistema. 
 
As regionais Venda Nova, Norte e Barreiro foram as primeiras áreas a receberem as trocas dos pontos de luz por lâmpadas de LEDS. Nas regiões Nordeste e Leste, a previsão é de que os trabalhos terminem até abril deste ano. 
 
As próximas regionais serão Noroeste e Oeste (até outubro de 2019), Pampulha (até abril de 2020) e o hipercentro (até dezembro de 2020). 

Com PBH

Comentários