FecharX

Motociclistas: vejam como proteger sua segurança e prevenir acidentes

Principais causas de ocorrências são imprudência e falta de atenção. Descubra como se proteger


Créditos da imagem: Virojt Changyencham/Shutterstock.com
Main 123110 seguran%c3%a7a de motociclistas por virojt changyencham
Redação Sou BH
29/01 às 10:35
Atualizado em 01/02 às 17:01

Consideradas soluções mais ágeis e econômicas que os carros, mais de 220 mil motocicletas circulam em Belo Horizonte. No entanto, o número de acidentes envolvendo esse tipo de veículo também é alto: em 2018, somente o Hospital João XXIII prestou 4.133 atendimentos a motociclistas acidentados.

A prevenção para o problema passa por três vertentes: equipamentos de proteção pessoal, dispositivos de segurança nas motos e direção preventiva. Segundo o coordenador da Câmara Setorial Duas Rodas (Motocicletas), Milton Furtado, as principais causas de acidentes com motocicletas são a imprudência e a desatenção. 

Confira, a seguir, dicas do especialista para a segurança dos motociclistas

Proteção pessoal para pilotos e passageiros

- Use sempre jaqueta e capacete (de preferência fechado) apropriados para pilotar a moto.

- Luvas: esse equipamento é o mais barato, mas também negligenciado pelos motociclistas. Ao cair, o primeiro reflexo é colocar a mão no chão, causando lesões.

- Botas: 80% dos traumas em acidentes com motos acontecem da canela para baixo. Além de proteger a integridade física, as botas resguardam o piloto em chuvas intensas. Nunca dirija descalço ou de chinelos.

Equipamentos de segurança no veículo:

- Verifique se freios e transmissão estão em bom estado de conservação e com a manutenção atualizada.

- Revise, periodicamente, farol, setas e lanterna traseira.

- A parte de rodagem (rodas e pneus) é muito importante: se a roda estiver desalinhada ou empenada, a moto perde a estabilidade nas curvas. Reforce a revisão dos pneus em época de chuvas.

- Verifique o protetor ‘mata cachorro’, que resguarda a perna em caso de colisões.

- Mantenha o veículo com a documentação em dia (IPVA, Seguro DPVAT, Licenciamento).

Dicas de direção preventiva:

- Sempre reduza a velocidade em cruzamentos, pois grande parte das batidas ocorre nessas situações.

- Evite ficar mudando de faixa.

- Nunca permaneça no ‘ponto cego’ de um carro, mantendo-se visível para os outros motoristas.

- Há um mito de que motos só param com o freio traseiro. Mas uma frenagem eficiente é 70% pelo freio dianteiro, e 30% pelo traseiro.

- Respeite os limites de velocidade e fique atento à sinalização.

- Aguarde a abertura do semáforo nas faixas de espera (moto box), quando houver. Em BH, elas estão em vias como as avenidas Cristiano Machado e Amazonas, e a rua Padre Eustáquio.

O conteúdo é de responsabilidade do anunciante

Comentários