FecharX

É tempo de ajudar: conheça o Lar de Marcos

Com mais de 50 anos de fundação, a casa abriga crianças em situação de vulnerabilidade social


Créditos da imagem: Beauty Natalya/Shutterstock.com
Main shutterstock 1757444063 face
Bárbara Batista
09/07 às 14:00
Atualizado em 10/07 às 17:00

Há pouco mais de 50 anos, duas corajosas mulheres se organizaram para criar uma casa que pudesse abrigar crianças abandonadas, o Lar de Marcos. De lá para cá muita coisa mudou, a legislação já não é mais a mesma, só não muda o amor ao próximo e a compaixão dos responsáveis pela administração do abrigo.

Walter Aguiar Campos é hoje o diretor presidente da casa. “O Lar de Marcos abriga meninos, de zero a seis anos, que passaram pelo crivo da justiça. Em geral, são menores em situações diversas de vulnerabilidade”, explica o administrador do abrigo. Apesar da casa ter o perfil de receber meninos, Marcos ressalta ainda que em casos em que a família é encaminhada para a casa, todos são recebidos, mesmo que haja crianças do sexo feminino. Entretanto, o perfil nesse caso é de meninas de zero a quatro anos.

Ele ainda explica que esse perfil existe devido ao cuidado em dedicar a atenção para o grupo, já que o Lar de Marcos tem capacidade para abrigar até 30 crianças. “Lidar com todos os gêneros exigiria mais funcionários, como não temos essa condição, temos o perfil citado, assim conseguimos receber as crianças com toda a nossa disponibilidade, amor, carinho e responsabilidade”, diz Marcos.

Localizada no bairro Ressaca, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, o Lar de Marcos possui cerca de 24 funcionários, que trabalham em escala de 12 horas por 36 horas. Apesar do auxílio do governo municipal, e de já integrar programas para receber doações de alimentos, Marcos explica que sempre há necessidade de algum item. “A parte em que se refere a hortifrúti nós não podemos reclamar, mas carnes, leite e materiais de limpeza são sempre muito escassos”, revela.

Durante a entrevista concedida com exclusividade ao portal Sou BH, Walter citou que em dezembro chega a ter fila para receber o “papai noel” no Lar de Marcos. Mas é importante lembrar que ao longo do ano as crianças têm necessidades. Então fica a dica: se você gosta de ajudar, se planeje ao longo do ano.

Walter contou ainda que o Lar de Marcos é pioneiro no estado com um projeto que funciona como uma creche para idosos. O Centro Dia do Idoso (CDI) possui o modelo praticado no estado de São Paulo, mas com um formato próprio. Durante os dias, os “vovôs e vovós” ficam sob os cuidados da equipe do abrigo, recebem alimentos e opções criativas para passar o tempo. Atualmente, o CDI cuida de 15 idosos.

Saiba como ajudar

O Lar de Marcos é uma instituição apoiada pelo portal Sou BH e o Grupo Jchebly. Durante as lives realizadas pelo projeto Sou BH Talks, você pode doar a partir do QR Code, localizado na tela ou pelo link. Para saber mais formas de ajudar o abrigo, basta ligar para 3357-3459, em horário comercial (8h às 18h).

Conheça o Lar de Marcos, ajude e contribua para que esse trabalho fantástico se perpetue.

Tags:
  • solidariedade
  • sou bh talks
  • sou bh
Comentários

Comentários