FecharX

BH conta com seis centros de atendimento ao turista

<p>Além dos postos de atendimento turístico, haverá voluntários treinados para atendimento em diversos idiomas</p>



Créditos da imagem:
Main 1206 cat
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:24

Belo Horizonte deverá receber cerca de 385 mil turistas durante a Copa do Mundo. Desse total, 62,3 mil devem ser estrangeiros. A estimativa do Ministério do Turismo é que eles gastem R$ 695 mil na capital mineira. Para atender a todo esse público, Belo Horizonte terá seis centros de Atendimento ao Turista (CAT).

Além dos postos de atendimento turístico, haverá voluntários treinados para atendimento em diversos idiomas. Eles darão informações e vão esclarecer dúvidas referentes a hospedagem e passeios.

Para ajudar no deslocamento de moradores e turistas, a cidade recebeu 253 placas adicionais. Dessas, 68 são placas de sinalização turística interpretativa que, além de indicarem a localização dos principais pontos turísticos da região da Pampulha, mostram informações sobre a história desses locais em três idiomas (português, inglês e espanhol). As placas são equipadas também com o sistema de código de barras (QR Code), para facilitar o acesso ao conteúdo multimídia através de dispositivos móveis.

Cento e quatro placas turísticas indicativas bilíngues (português, inglês) e trilíngues (português, inglês, espanhol) complementam a sinalização existente nos principais corredores da cidade indicando, além dos atrativos e equipamentos, como aeroportos e hospitais, as saídas para outras atrações do estado, como as cidades históricas, por exemplo.

Centros de Atendimento ao Turista (CAT):

CAT Aeroporto da Pampulha
Praça Bagatelle, 204
(31) 3246-8015

CAT Mercado Central
Av. Augusto de Lima, 744
(31) 3277-4691

CAT Aer. Int. Tancredo Neves (Confins)
MG-010, km 39, Confins
(31) 3689-2557

CAT Mercado das Flores
Av. Afonso Pena, 1055
(31) 3277-7666

CAT Rodoviária
Praça Rio Branco, 100 - Centro
(31) 3277-6907

CAR Álvaro Hardy (Veveco)
Av. Otacílio N. de Lima, 855
(31) 3277-9987

Fonte: Agência Brasil

Comentários