FecharX

Água Sanitária será usada no combate a Dengue

<p>Secretaria de Estado de Saúde distribuirá produto que deve ser usado em vasos sanitários, tambores, ralos e outros locais que podem armazenar água</p>


Créditos da imagem:
Main grey
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02 às 17:19

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG) lançou neste sábado (23), em Pedro Leopoldo, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a nova campanha de incentivo ao uso da água sanitária, o hipoclorito de sódio, no combate ao Aedes aegypti. A nova estratégia de controle à proliferação do mosquito vetor é uma iniciativa pioneira em Minas Gerais e será aplicada em todo o Estado.

Está cientificamente comprovado que o produto é eficaz no combate às larvas do mosquito da dengue. Diante da necessidade de buscar medidas alternativas para o combate da doença, a SES realizou, em Pedro Leopoldo, a primeira ação com a água sanitária, disponibilizando 13.300 litros do produto ao município, que distribuirá à população por meio dos agentes da Força Tarefa de Combate à Dengue e agentes de endemias. Recomenda-se a utilização de água sanitária para combate às larvas do mosquito em vasos sanitários desativados, caixas de descarga sanitária, ralos externos e internos, tambores de armazenamento e bromélias.

?A água sanitária é barata e de fácil uso, mas a população deve estar consciente de que isso é apenas uma alternativa. O primordial na prevenção à dengue continua sendo a eliminação dos potenciais focos do vetor?, afirma a Superintendente de Epidemiologia da SES, Deise Santos. Ela observou, ainda, que, de acordo com pesquisas recentes, 80% dos focos do mosquito da dengue se encontram no ambiente doméstico e em utensílios comuns, como recipientes plásticos, pratos de plantas e outros pequenos reservatórios.

Fonte: Agência Minas

Comentários