FecharX

Aeroporto Internacional de BH é sede de projeto social que une games e tecnologia

O YoGamers do Bem, que acabou de formar sua primeira turma, propõe a inclusão social por meio da tecnologia e inserção no mundo dos jogos


Créditos da imagem: Divulgação / BH Airport
Main divulga%c3%a7%c3%a3o bh airport
Redação Sou BH
07/12/19 às 15:00
Atualizado em 07/12/19 às 15:00

Especial publicitário - Este material é patrocinado* 

Tecnologia aliada à educação é algo que já mostrou dar muito resultado. Mas, já pensou aliar aprendizado aos games? Essa é a proposta do YoGamers do Bem que, desde abril, propõe a inclusão social por meio da tecnologia e inserção no mundo dos jogos. As aulas aconteciam no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte e mudaram a visão e o conhecimento de jovens como Maria Fernanda Gonçalves, de 10 anos, que se envolveu com o projeto e, agora, após tanto empenho, participou da formatura de sua turma, no dia 3 de dezembro.

 

“No início deste ano, fui selecionada na minha escola, em Lagoa Santa, para fazer parte do YoGamers do Bem. Fiquei muito feliz pelo convite e por participar do projeto. Considero que foi uma oportunidade educacional que me despertou. Mudei o comportamento na escola, estou mais interessada e também com melhores notas”, ressalta Maria Fernanda.

 

Sua mãe, Geiza Gonçalves Barbosa, está cheia de orgulho. “Ela foi selecionada para participar do projeto por ser uma ótima aluna. A partir do YoGamers do Bem, Maria Fernanda ficou mais dedicada, disciplinada e também motivada a estudar”, explica. Geiza acrescenta que, inicialmente, teve dúvida dos reflexos dos jogos na vida da filha. “Hoje, percebo que o projeto é muito mais do que isso. Desde o início, foram abordados diversos temas, com atividades educativas que realmente fazem refletir sobre, por exemplo, as profissões, o empreendedorismo e os sonhos”, afirma.

 

Ao todo, 80 alunos de escolas municipais de cidades vizinhas ao aeroporto foram selecionados para participar do YoGamers do Bem. A primeira sala gamers YGB foi inaugurada no antigo Terminal 3, em abril deste ano. Após o período de estudo e aprendizado, esses jovens se formaram, levando na bagagem uma séria de aprendizados e novas experiências.

 

“Desde o início, quando decidimos apoiar o YoGamers do Bem, sabíamos do seu potencial, sobretudo de ampliar os horizontes e visão crítica dos participantes. Hoje, ao olhar para esses jovens que se formaram pelo projeto, percebemos o quanto essa experiência pode contribuir para preparar crianças e adolescentes para o futuro. É preciso abrir a mente para o novo, para ter ideias e pensar a inovação desde pequeno. Certamente, o universo dos games tem muito a contribuir nesse sentido”, ressalta Marcos Brandão, diretor-presidente da BH Airport.

 

O YoGamers do Bem

 

O projeto de voluntariado YoGamers do Bem foi criado por Felipe YoDa, atleta de eSports e o maior streamer brasileiro, por meio da empresa SehLoiro. O programa dos cursos prevê uma série de atividades lúdicas para desenvolver o potencial dos alunos, por meio do trabalho em equipe, raciocínio lógico e a apresentação dos estudantes ao universo do mundo dos games.

 

A sala gamers YGB instalada no Aeroporto Internacional de BH é fruto de uma parceria firmada entre a BH Airport, a SehLoiro e a Fundação Cultural Chico Xavier, além das secretarias de Educação e Cultura dos municípios de Pedro Leopoldo, Lagoa Santa e Confins. 

 

Alunos de Pedro Leopoldo, Confins e Lagoa Santa, com idades a partir de 10 anos, participaram da primeira turma do projeto. O programa do Bem oferecia cursos, em atividades extracurriculares depois do horário escolar. As aulas eram oferecidas em grupos de dez alunos, com duas aulas por semana, em uma carga horária total de oito horas semanais.

 

Para que o projeto fosse colocado em prática com segurança e inovação, o Aeroporto Internacional de BH cedeu o espaço, a estrutura necessária, o transporte e também a alimentação dos jovens. Já a SehLoiro ficou responsável por promover encontros de capacitação, dirigidos pelo grupo de pesquisa YGB, formado pelos próprios fãs do YoDa.

 

Próxima turma

 

Em 2020, as atividades do projeto YoGamers do Bem terão continuidade. De janeiro a março, as secretarias de Educação de Pedro Leopoldo, Confins e Lagoa Santa vão selecionar os 80 novos alunos que vão fazer parte da segunda turma. As atividades começam em abril. Entre as exigências para participação estão comportamento e desempenho escolar dos jovens matriculados em escolas municipais dos três municípios.

  

 *O conteúdo é de responsabilidade do anunciante

Tags:
  • aprendizado
  • novidade
  • bh
  • Jogos online
  • games
  • YoGamers do Bem
Comentários

Comentários