FecharX

Visite o Caraça, com as crianças

Passe um final de semana em um santuário natural com a família para descansar


Créditos da imagem: Wikipédia
Main vista santu%c3%a1rio do cara%c3%a7a mg 20140906151440
Igreja Senhora Mãe dos Homens é um dos tesouros de Minas Gerais
Redação Sou BH
06/09/14 às 12:15
Atualizado em 01/02 às 17:59

Todo mundo sabe que o contato com a natureza faz bem para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. Os pais que querem oferecer esta oportunidade aos seus filhos podem fazer um passeio pela Serra do Caraça, a 120 km de BH.

Caraça é o nome de um trecho da Serra do Espinhaço localizado nos municípios de Catas Altas e Santa Bárbara. Lá funcionou um colégio no qual estudaram grandes personalidades da história brasileira como os presidentes do Brasil Arthur Bernardes e Affonso Pena. Hoje, o Caraça é uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), que abrange uma área de 11.233 hectares, cujo nome conhecido também como Santuário do Caraça.

Comece a sua visita pela Igreja Senhora Mãe dos Homens. Em estilo neogótico, a igreja foi construída sem mão-de-obra escrava e toda com material regional: pedra sabão (retirada de perto da Cascatona), mármore (das proximidades de Mariana e Itabirito) e quartzito (da região do Caraça e vizinhanças), unidas com um produto a base de cal, pó de pedra e óleo. Trata-se da primeira igreja neogótica do Brasil: toda ela desenhada, projetada e edificada por um Padre da Missão, na Serra do Caraça.

Em seguida, vá ao Museu do Caraça conhecer um pouco mais da história e dos mistérios. Ele foi montado a partir das peças de mobiliário e artefatos diversos de uso diário, pertencentes ao próprio Caraça, alguns remanescentes de séculos anteriores.

Depois do almoço, leve as crianças para a Cascatinha. A trilha que leva ao local é fácil e dura cerca de 30 minutos. Formada por quatro quedas d’água e quatro piscinas naturais, a Cascatinha Medindo mede 40 m e suas águas nascem acima das quedas, de onde vêm saltando pela encosta e pelas pedras. É um dos locais mais visitados no Caraça, por sua pouca distância, pela facilidade de acesso e, claro, pela beleza de sua paisagem e pela atração de suas águas.

À noite, de volta ao Santuário do Caraça, tente ver um lobo-guará. O animal típico do Cerrado tem hábitos noturnos e, segundo o site do Santuário, há um casal da espécie que volta e meia aparece para os visitantes mais pacientes.

Comentários