FecharX

Turismo religioso: 5 lugares para celebrar a Semana Santa em Minas Gerais

Que tal ‘voltar no tempo’ e conhecer rituais centenários de Páscoa nas cidades históricas mineiras? Listamos algumas opções pra você


Créditos da imagem: Zé Leo/Acervo Sectur
Main semana santa diamantina 2 z%c3%a9 leo sectur
Redação Sou BH
05/04 às 15:56
Atualizado em 05/04 às 15:56

Procissões em tapetes de serragem, encenações da Paixão de Cristo e a oportunidade de viver experiências culturais únicas. A Semana Santa é uma das maiores expressões da fé e da religiosidade mineira, e uma das principais datas comemorativas para as cidades históricas. Não faltam opções de destinos para você conhecer e levar toda a família para este momento simbólico de renovação. Veja algumas opções que o Sou BH e a BH Airport separaram para você.

Ouro Preto

Região Central do estado

Distância de BH: 89 quilômetros


Foto: Sérgio Mourão/Acervo Setur MG

Os preparativos para a Semana Santa em Ouro Preto, uma das mais tradicionais do Brasil, estão a todo vapor. Toda a população se mobiliza para seguir fielmente o costume dos cortejos, neste ano, organizados pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. O tradicional tapete feito com serragem, borra de café e raspas de couro também estará presente, com seus mais de 22 quilômetros. A procissão mais aguardada é do domingo de Páscoa, quando centenas de crianças vestidas de anjinhos celebram a ressurreição de Jesus. Além dos ritos religiosos e encenações, os turistas podem aproveitar exposições de artes em galerias e as opções gastronômicas da cidade.

Mariana

Região Central do estado

Distância de BH: 111 quilômetros


Foto: Felipe Cunha/Prefeitura de Mariana

As autoridades já garantiram a segurança da cidade, que ainda luta para se reerguer após o incidente com a barragem de Fundão, em 2015. Você pode contribuir visitando o local e ajudar na retomada do turismo na região. Tradições como os panos roxos e as colchas bordadas nas sacadas das casas históricas, os tapetes de serragem e as marchas entoadas pelas bandas centenárias marcam as festividades de Mariana. A cidade é dona de um dos principais conjuntos arquitetônicos representativos do barroco de Minas, tornando a experiência do turista ainda mais enriquecedora.

Tiradentes

Região Central do estado

Distância de BH: 225 quilômetros


Foto: John Brandão

Neste município histórico charmoso, que mais lembra uma cidade cenográfica, você vai ter a sensação de que está no elenco de um filme nas celebrações de Tiradentes. Elas envolvem toda a comunidade em eventos como a procissão e encenação da prisão de Jesus. Na Sexta-Feira da Paixão, dezenas de pessoas se vestem a caráter e representam personagens bíblicos para o Sermão do Descendimento da Cruz, Canto da Verônica e Procissão do Enterro. Na madrugada do sábado de Aleluia para o domingo de Páscoa, são confeccionados os tapetes de rua feitos pela comunidade, com abertura para a participação de turistas.

Diamantina

Região Central do estado

Distância de BH: 292 quilômetros


Foto: Zé Leo/Acervo Sectur

Diamantina também mantém ritos tradicionais na programação da Semana Santa, muitos com representações ao vivo. As cerimônias e procissões tomam conta das ruas estreitas da cidade, que ganham cores e simbolismos com direito a tapetes de rua, dramatização da guarda romana e o tradicional toque da matraca. No domingo de Páscoa, a procissão começa na rua Direita e termina na Catedral Metropolitana. Aproveite a viagem para conhecer monumentos como a Casa Chica da Silva, a de Juscelino Kubitschek, e atrativos naturais como a Cachoeira da Sentinela.

Serro

Região Central do estado

Distância de BH: 320 quilômetros


Foto: Consuelo de Abreu/Acervo Setur MG

A religiosidade é um traço cultural forte do Serro, que recebe os fiéis com liturgias, procissões em ruas enfeitadas e uma encenação da Paixão de Cristo com mais de 50 pessoas. Aproveite a estadia para visitar o conjunto arquitetônico histórico, com sobrados, igrejas e capelas que impressionam pela riqueza de detalhes e as pinturas em perspectiva nos forros. Entre as belezas naturais estão as montanhas e mais de dez cachoeiras à escolha do freguês. É claro que, por lá, você não vai deixar de degustar o famoso queijo do Serro, patrimônio imaterial de Minas Gerais.

Gostou das indicações? Acesse também a em Minas Gerais.

*O conteúdo é de responsabilidade do anunciante

 

Comentários