FecharX

Trem vai ligar BH a Inhotim para reerguer turismo em Brumadinho

Além da iniciativa, outros incentivos à atividade turística em todo o estado estão previstos


Créditos da imagem: William Gomes
Main inhotim william gomes4
Redação Sou BH
01/03 às 11:32
Atualizado em 01/03 às 11:33

Uma nova ação do governo estadual tem o objetivo de reerguer o turismo na região de Brumadinho após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, no dia 25 de janeiro. A ideia é criar um trem turístico, ligando o Museu de Artes e Ofícios, na Praça da Estação, no Centro de BH, ao centro de Inhotim.

O projeto pretende recuperar a economia de Brumadinho. A iniciativa será liderada pela Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e Secretaria de Cultura e Turismo, com apoio da CGE e do Ministério do Turismo. Linhas férreas da MRS serão utilizadas para a instalação do trem, que também contará com o apoio da Vale. Ainda não há uma previsão para o início do funcionamento.

“Será um túnel do tempo, ligando o turista de um museu histórico ao maior museu de arte contemporânea do mundo; a Minas tradicional à Minas contemporânea. Com isso vamos fortalecer a região de Brumadinho, que precisa muito do apoio do governo neste momento”, explica o secretário de estado de Cultura e Turismo, Marcelo Matte. 

Funcionamento do instituto no carnaval

Durante todos os dias de Carnaval, inclusive na segunda-feira, o Inhotim estará de portas abertas. De sábado à Quarta-feira de Cinzas, o horário de funcionamento será estendido até às 17h30. Os valores dos ingressos são R$ 44 (inteira) e R$ 22 (meia). Lembrando que, na quarta, a entrada é gratuita.

Outras medidas

O secretário anunciou também uma série de medidas para fortalecer e promover o turismo no estado. Atualmente, apenas 5,85% dos desembarques de turistas internacionais e domésticos acontecem em Minas. De acordo com Matte, serão elaboradas parcerias público privadas (PPPs) para fomento da atividade turística no Circuito das Águas e gestão dos parques naturais. 

“Vamos fortalecer os 47 Circuitos Turísticos como destinos relevantes. A política de regionalização do turismo é uma orientação federal, executada em Minas Gerais por meio da implantação de instâncias de governança regionais, as Associações de Circuitos Turísticos. Atualmente, 47 circuitos, envolvendo 567 municípios, estão certificados e participam das atividades, projetos e programas da Secretaria".

Tags:
  • secretaria de cultura
  • verba
  • investimentos
  • economia
  • minas gerais
  • brumadinho
  • turismo
Comentários

Comentários