FecharX

Tocha Olímpica em BH: onde levar essa visitante?

Personagens do revezamento indicam lugares que mostrariam à Tocha a verdadeira cara da capital


Créditos da imagem: Ververidis Vasilis / Shutterstock.com
Main 201927 shutterstock 412505572
Tocha Olímpica será visitante ilustre em Belo Horizonte, neste sábado
Redação Sou BH
13/05/16 às 15:56

Neste sábado, Belo Horizonte receberá uma visitante inédita e ilustre. A Tocha Olímpica, que percorre o Brasil rumo ao Rio de Janeiro, vai dar uma voltinha por ruas e avenidas que fazem parte da rotina dos belo-horizontinos. E para reafirmar nossa fama de povo hospitaleiro, é fundamental mostrar à Tocha como nossa capital é múltipla.

BH é dos esportes, da cultura, da gastronomia, do agito e do sossego. Cada belo-horizontino leva dentro de si a sua maneira de viver a cidade. Então, nada mais justo que os próprios moradores da capital prepararem roteiros para apresentar à nossa nobre visitante, como se fosse aquele amigo de outra cidade ou parente que mora longe.

O Sou BH fez uma simples pergunta a cinco condutores olímpicos: aonde você levaria a Tocha para mostrar a verdadeira cara de BH? As respostas você confere abaixo.


Gladston Suiquer
Funcionário da BHTrans

“Eu gostaria de levar a Tocha para conhecer o Comida di Buteco, que é algo bem simbólico da nossa cidade. Já tive a chance de ir em alguns bares e o evento é bem bacana, inclusive a Saidera, que é a melhor parte de tudo. Seria legal apresentar isso para a Tocha, pois nossa cidade é conhecida mundialmente como a capital dos bares”.

Juliana Falchetto
Blogueira do Run Ju Run

“Queria muito poder levar chama olímpica para treinar comigo na lagoa seca do Belvedere e correr uma prova na Lagoa da Pampulha. Seria um carinho especial para todos os corredores amadores de BH e, com essa corrente, além de receber o símbolo de paz, união e amizade que ela representa, tentar transmitir tanto que nossa cidade é ativa e respira também o esporte”.

Adriana Gribel
Empresária da Tenco Shopping Centers

“Se pudesse, levaria a Tocha Olímpica ao restaurante Vecchio Sogno. Adoro a comida do Ivo Faria e costumo ir sempre por lá. Gosto muito da casquinha de vieiras que eles faziam por lá. Não está mais no cardápio, mas eu pediria para fazerem exclusivamente para a Tocha. O Vecchio Sogno me traz uma boa memória de BH. Tenho certeza que a Tocha iria voltar para a Grécia com BH na cabeça”.

Leninesse Germania
Funcionária do Centro de Referência do Idoso – Regional Nordeste

“Honestamente, qualquer ponto de Belo Horizonte seria bacana para apresentar à Tocha, porque nossa cidade é rica em todos os sentidos. Porém, como moro na Região da Pampulha, acho que gostaria de levá-la à orla da lagoa, para passear por uma tarde. Costumo ir lá com meu marido e aproveitamos o ambiente, que é muito tranquilo, em meio aos pontos turísticos que tempos por lá. Acho que, assim, a Tocha iria conhecer a verdadeira BH. ”

Denise Santana
Guarda Municipal em BH

“Sem dúvidas, eu levaria a Tocha nos bares da Avenida Fleming, ali no Bairro Ouro Preto. Tem o Filé, o Barril 211, o Bar e Boi e várias outras opções. Tenho o costume de ir lá e acho que é um lugar bem frequentado, com gente bonita e alegre. Ainda fica próximo a uma república de alunos da UFMG, onde vivem pessoas que estão sempre abertas a receber visitantes e que valorizam a vida em BH. Acredito que mostraria, de verdade, como é a nossa cidade”.

Serviço:
Revezamento da Tocha Olímpica em BH
Data: sábado, 14 de maio de 2016
Local: Vários pontos da cidade

Comentários