FecharX

Inhotim bate recorde de visitas em julho

Maior museu a céu aberto do mundo recebeu o triplo de visitantes estrangeiros no mês da Copa


Créditos da imagem: Site Inhotim
Main inhotim 2 20140807011946
Penetrável Magic Square #5
Redação Sou BH
07/08/14 às 20:09
Atualizado em 01/02/19 às 17:57

As férias e a Copa do Mundo fizeram do mês de julho um sucesso de visitações no Instituto Inhotim. Localizado em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, e conhecido por ser o maior museu de arte a céu aberto do mundo, o espaço recebeu cerca de 5 mil visitantes a mais do que no mesmo período do ano passado.

Para Larissa Batista, gerente de Eventos e Turismo do Inhotim, esse aumento se deu principalmente pelo número de visitantes estrangeiros, que praticamente triplicou durante o mês de julho. “Recebemos pessoas de diversas nacionalidades diariamente, mas durante a Copa esse número aumentou consideravelmente”, observa.

O Instituto, que não planejou nenhuma programação especial para o Mundial, transmitiu quase todas as partidas em um telão no auditório, reunindo até 200 pessoas em dias de jogos da seleção brasileira. Mesmo assim, o sucesso das galerias e das exposições não diminuiu. “Notamos que os visitantes, principalmente os estrangeiros, já chegavam sabendo o que queriam ver. Muitos deles iam direto no ‘Som da Terra’ e já chegavam com informações sobre os espaços”, conta Larissa, referindo-se à obra “Sonic Pavilion”.

De acordo com o Instituto, os campeões de público durante a Copa foram a Galeria Cildo Meireles, a Galeria Praça e a Galeria Adriana Varejão. “Acreditamos que esse sucesso se dá pelo fato de Inhotim conjugar beleza e arte em um mesmo espaço. Essa junção é nosso diferencial”, conclui Larissa.

Comentários