FecharX

Dicas de viagem: saiba como embarcar seu filho sozinho no aeroporto

As regras para embarque de menores desacompanhados variam de acordo com a idade, conheça os detalhes


Créditos da imagem: Sergey Novikov / Shutterstock.com
Main capa
Redação Sou BH
13/08 às 14:13
Atualizado em 13/08 às 14:13

Especial publicitário - Este material é patrocinado* 

Quem aí já se perguntou se em caso de necessidade é possível embarcar um menor de idade no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte? Para alguns, essa pergunta não é novidade já outros desconhecem que exista uma regulamentação própria para esses casos. Foi pensando em facilitar a vida de quem está passando por essa necessidade ou que desconhece como fazer que nós preparamos essa superdica de viagem.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) prevê condições específicas de acordo com a idade da criança. Veja na tabela abaixo:

Voos nacionais

0 a 5 anos – não podem viajar sozinhas, é necessário a presença de um responsável legal ou parente de até terceiro grau (irmãos, tios ou avós).

5 a 16 anos – é necessária a autorização judicial expedida pela residência do menor, o serviço de acompanhamento ao menor deve ser contrato na companhia aérea escolhida caso a criança tenha até 12 anos incompletos, formulário de autorização cedido pela companhia e documento com foto.

16 a 18 anos – não existe burocracia.

Voos internacionais

0 a 5 anos – assim como nos voos domésticos, as crianças não podem viajar sozinhas, é necessário a presença de um responsável legal ou parente de até terceiro grau (irmãos, tios ou avós).

5 a 16 anos – é necessária a autorização judicial expedida pela residência do menor, o serviço de acompanhamento ao menor deve ser contrato na companhia aérea escolhida caso a criança tenha até 12 anos incompletos, formulário de autorização cedido pela companhia, formulário de autorização cedido pela Polícia Federal autenticado em cartório ou impresso no passaporte do menor e documento com foto.

16 a 18 anos – não existe burocracias extras, mas é necessário portar o passaporte brasileiro, o certificado de vacinação internacional, seguro viagem e em casos de países que exijam visto, o menor deve estar com ele válido.

Para mais informações, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte disponibiliza um Guia do Passageiro para os responsáveis que passam por esse tipo de situação.

 *O conteúdo é de responsabilidade do anunciante

Tags:
  • sou bh
  • bh
  • bh airport
  • passeios
  • lazer
  • turismo
  • embarque de crianças
Comentários

Comentários