FecharX

Linha Verde tem mais 8 câmeras em operação

Objetivo do reforço da fiscalização é coibir infrações como dirigir no acostamento ou usando o celular


Créditos da imagem: Monticello/Shutterstock.com
Main 200215 cameras por monticello shutterstock
Redação Sou BH
12/11/18 às 10:12
Atualizado em 01/02 às 17:43

Cometer infrações de trânsito na Linha Verde pode custar ainda mais caro aos motoristas. É que já estão funcionando oito novas câmeras de monitoramento na MG-010 e na LMG-800.

Na MG-10, sete delas estão entre o Shopping Estação e o entroncamento com a MG-424. A última está nas proximidades do Aeroporto Internacional, em Confins. Outras 14 câmeras já existentes na rodovia continuam realizando o monitoramento do tráfego.

O objetivo da fiscalização, segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (Deer/MG), é inibir infrações como o trânsito de veículos pelo acostamento da rodovia (multa de R$ 880,41 e 7 pontos na carteira), o uso de celular ao volante (R$ 130,16 e quatro pontos) e outras irregularidades. “Elas comprometem a segurança viária e contribuem, significativamente, para o aumento dos índices de acidentes e da severidade dos mesmos”, alerta o Deer/MG.

Comentários