FecharX

Sete vinhos para a Primavera

O sommelier do Sou BH selecionou opções da bebida para harmonizar com a estação das flores


Créditos da imagem: Banco de imagens
Main vinho primavera 20140918164008
Veja as escolhas do sommelier do Sou BH
Redação Sou BH
25/09/14 às 11:17
Atualizado em 01/02 às 17:59

Por Pablo Teixeira, da Wine.com.br

Primavera é a estação mais colorida do ano. Tempo em que tudo parece se renovar. E nossa cidade fica bem mais bonita - basta lembrar os ipês em BH, belíssimos, que de repente se mostram e nos dizem para o que vieram, “enchendo nossas vistas”. Com as flores, as temperaturas começam a subir, mas para quem curte um vinhozinho não precisa se preocupar, pois a variedade de estilos é tão extensa, que existe um tipo que pode ser ideal para cada ocasião (ou estação).

Para este tempo de temperaturas mais elevadas, o ideal é buscarmos alternativas mais leves, com sabores refrescantemente frutados, de preferência com pouco ou nenhum estágio em madeira. Nosso sommelier Pablo Teixeira selecionou sete opções de vinhos, de espumante a tinto, para ajudar você a escolher a melhor opção que harmoniza com a estação.


Espumante
Fantinel Rosé Brut – Friuli, Itália
Para saudar a estação das flores, um espumante elegante muito bem feito, com aromas de frutas vermelhas e notas florais, elaborado com as uvas Pinot Noir e Chardonnay. Harmoniza muito bem com entradas frias, aperitivos ou um salmão grelhado.

Brancos
Estival 2012 – Viñedo de Los Vientos – Atlântida, Uruguai
O surfista-enólogo Pablo Fallabrino adora fazer experiências, elaborando vinhos inusitados, como é o caso deste Estival, que reúne uma mistura pouco convencional das uvas Gewüztraminer, Chardonnay e Moscato Bianco. O resultado é um vinho intensamente aromático, mas muito refrescante e mineral e volumoso na boca. Figura entre os melhores brancos do Uruguai.

T Clásico Torrontés 2012 – Bodega Goulart – Salta, Argentina
Um branco surpreendente pelo preço e qualidade apresentados! Torrontés é a uva branca de maior destaque na Argentina e a Goulart soube direitinho o que fazer com ela. O vinho é floral, como um Torrontés deve ser, mas não fica só nisso, tem um toque cítrico e mineral. Vinho para você beber sempre, principalmente nos dias de mais calor.

Ropietau Frères Boourgogne Chardonnay 2011 – Borgonha, França
Exemplar elegante e encantador da Borgonha, região que é berço da uva branca mais conhecida no mundo.  Vinho branco para os mais exigentes com a Chardonnay.

Rosé
Caliza Rosado Tempranillo 2013 – Félix Solis – La Mancha, Espanha
Com uma charmosa cor rosada, este vinho feito com a mais tradicional uva espanhola, a Tempranillo, vai agradar pelos sabores de frutas vermelhas como cereja, morango e amora. Na boca pode esperar bastante frescor!

Tintos
Maycas del Limarí Sumaq Reserva Pinot Noir 2013 – Vale do Limarí, Chile
Um belo exemplar de Pinot Noir no Chile. Maycas del Limarí fica ao norte da capital Santiago, região ensolarada, que recebe um vento frio do pacífico canalizado pela cordilheira da costa refrescando os vinhedos. Este vinho é equilibrado, complexo e delicioso.

Fratelli Dogliani Dolcetto D`Alba 2011 – Batasiolo – Piemonte, Itália
Fácil de gostar! A uva italiana Dolcetto gera vinhos de cor viva, com sabores atraentes e vibrantes de cereja. Na boca é equilibrado, com taninos delicados e muito gastronômico.

Comentários