FecharX

Dia da Gastronomia Mineira celebra tradição e história

Cultura alimentar de Minas Gerais é considerada fator de desenvolvimento social, econômico, cultural e turístico


Créditos da imagem: Luana Brescovitz/ shutterstock
Main shutterstock 1463092268
Redação
05/07 às 09:00
Atualizado em 05/07 às 09:00

Café coado na hora, queijo fresco na mesa e um tabuleiro de broa de fubá e pão de queijo saindo do forno. Para o almoço, costelinha com ora-pro-nobis, angu, tutu de feijão, couve refogada e canjiquinha no fogão a lenha – estas delícias são apenas alguns dos elementos que representam a gastronomia mineira, cujo dia é celebrado hoje, 5 de julho. 

Admirada e reconhecida nacional e internacionalmente, a culinária mineira ganhou uma data representativa em 2012, quando o Governo do Estado de Minas Gerais definiu que no dia do nascimento de Eduardo Frieiro, autor do primeiro livro de gastronomia dedicado aos sabores de Minas, seria comemorado como o Dia da Gastronomia Mineira. A publicação “Feijão, angu e couve – Ensaio sobre a comida dos mineiros” foi lançada em 1966.

Dos queijos aos azeites, do café à cachaça e dos menus sofisticados aos pratos simples e cheios de afeto, a gastronomia de Minas Gerais passa por ingredientes, tradições e talentos que são mantidos e considerados riquezas de todos os mineiros. Além de ter um grande valor simbólico, a culinária mineira também é considerada um fator de desenvolvimento econômico, social, turístico e cultural para o Estado.

Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, a gastronomia faz parte do patrimônio imaterial de Minas Gerais e deve ser desenvolvida conjuntamente com a economia da cultura e do turismo. “Isso significa promover as potencialidades do nosso estado para atrair turistas e fortalecer a cadeia produtiva do queijo, do café, da cachaça, do pão de queijo, dos doces, ou seja, da manufatura, e impulsionar a venda desses produtos carregados de ‘mineiridade’ para dentro e fora de Minas Gerais. Com isso, vamos fortalecer a cadeia da gastronomia, gerando emprego e renda e fazendo com que os sabores e saberes da cozinha mineira sejam cada vez mais reconhecidos e se consolidem como uma alavanca para o desenvolvimento sustentável da economia, do turismo e da cultura em Minas”, destacou o secretário.

Vamos cozinhar? 

Se para comemorar o Dia da Gastronomia Mineira a ideia for preparar uma refeição à altura da história de Minas, encontrar receitas na internet, atualmente, não é mais um desafio. No entanto, aprender com quem está cotidianamente na lida com as panelas, fogão a lenha e ingredientes tipicamente mineiros pode não ser tão fácil assim. Para isso, o blog do Portal Minas Gerais mantém a coluna Gosto de Minas, que semanalmente publica o passo a passo vindo de quem entende muito bem do tão apreciado sabor mineiro. Entre as mais recentes publicações estão as receitas de Pé de Moleque, Bebidas Juninas, Rocambole de Lagoa Dourada, Tutu de Feijão, Frango ao Molho Pardo, Broa de Fubá, Fideuá de Galinha Caipira e Costelinha com Ora-Pro-Nobis. Vale a pena conferir! 

Tags:
  • bh
  • cultura
  • minas gerais
  • culinária
  • gastronomia
  • Dia da Gastronomia Mineira
Comentários

Comentários