FecharX

Chá Comigo?

Casa de chás leva proposta criativa ao bairro Santo Antônio


Créditos da imagem: Alisson J. Silva
Main 222752 cha comigo laura damasceno alisson j silva
Laura Damasceno tem a intenção de deixar a clientela à vontade
Redação Sou BH
10/03/15 às 19:29

Por Nádia de Assis do Diário do Comércio

O contato com novas culturas, hábitos e práticas de negócios motivaram a jornalista Laura Damasceno, de 28 anos, a se afastar da sua área de formação para investir em uma empreitada criativa e com características até então inéditas na capital mineira. Assim surgiu, há três meses, a Chá Comigo, casa de chás instalada no bairro Santo Antônio, na região Centro-Sul.

Antes de abrir o estabelecimento, a jovem empresária passou três anos morando fora de Belo Horizonte, um deles na Espanha e outros dois na capital paulista. "Na Europa tive contato com várias propostas diferenciadas, enquanto em São Paulo observei que várias casas de chás estão sendo abertas, o que me fez perceber que a bebida está ganhando espaço no Brasil. Juntei todas essas impressões a ideias que têm a minha cara", relata.

Os diferenciais propostos por Laura estão presentes em cada canto do espaço. Em vez de garçons, ela optou pelo autosserviço, a fim de deixar a clientela ainda mais à vontade. O som da casa é todo feito com discos de vinil e o freqüentador tem a oportunidade de escolher qual artista deseja escutar. Além disso, a água não tem custo e ela também eliminou a taxa de 10% geralmente cobrada pelo serviço.

A decoração conta com elementos pessoais, retirados do seu próprio quarto e até da casa da avó. "Meu objetivo é fazer com que as pessoas se sintam mesmo como se estivessem em casa. Muitas vezes, precisamos mais de um ponto de apoio, seja para recarregar o celular, trabalhar ou ler um livro", afirma.

A estratégia de apostar em um ponto aconchegante contribui para a contínua elevação do tíquete médio, atualmente em torno de R$ 35. Na visão dela, o número cresce justamente porque as pessoas sentem-se confortáveis no ambiente e, com isso, acabam permanecendo por um tempo maior em relação ao inicialmente planejado. A empreendedora investiu aproximadamente R$ 100 mil na abertura do local, montante que ela pretende recuperar integralmente em 18 meses.

Laura diz que, embora tenha iniciados as atividades há pouco tempo, já conquistou clientes fiéis, que já vão ao local diariamente. Por enquanto, a Chá Comigo fica aberta de segunda-feira a sexta-feira, das 15h às 22h. A estratégia de fechar aos fins de semana tem se mostrado eficiente. De acordo com ela, a demanda é grande na segunda-feira, quando grande parte das casas que funciona aos sábados e domingos não abre as portas.

Público-alvo

Chá Comigo tem área total de 100 metros quadrados e capacidade para 50 lugares. O público é majoritariamente formado pelas classes A e B, mas as faixas etárias são bastante distintas. "Fazemos sucesso com senhoras de mais de 50 anos, mas, ao mesmo tempo, recebemos também jovens adultos, entre 18 e 20 anos, que acabaram de entrar na faculdade e têm um horário mais flexível. Já aqueles entre 28 e 30 anos chegam para lanchar, tomar uma cerveja entre amigos ou fazer um programa de casal", descreve.

Menu

Laura destaca que o carro-chefe do menu são os chás. No total, a casa oferece 11 tipos, todos eles importados da Alemanha. A Chá Comigo ainda oferece cervejas, refrigerantes, cafés, vinhos e espumantes da casa. "Mas é interessante ver como as pessoas estão descobrindo os chás, que são feitos na hora e têm uma apresentação muito atraente", frisa.

Entre as opções de lanche, ela destaca quatro sanduíches, dois vegetarianos e dois com carne, feitos com pães artesanais. A procura também é grande pelo pão de queijo produzido com queijo canastra.

Redes sociais 

Para manter o negócio em constante expansão, Laura Damasceno conta com um forte aliado: as redes sociais. A empreendedora tenta postar diariamente pelo menos um conteúdo novo no Instagram e no Facebook. Com isso, a empresa já atingiu 1.700 seguidores no Instagram e quase 3 mil curtidas no Facebook. 

Comentários