FecharX

Programa de declaração do Imposto de Renda está disponível

Contribuinte pode acessar o status do processamento na noite que enviar as informações


Créditos da imagem: Arquivo Agência Brasil
Main ir arquivo agencia brasil
Redação Sou BH
25/02 às 18:40
Atualizado em 25/02 às 21:20

Receita Federal liberou hoje (25), às 8h, o Programa Gerador da Declaração (PGD) do Imposto de Renda Pessoa Física. O contribuinte pode preencher a declaração e aguardar o início do período de envio, que vai das 8h do dia 7 de março até as 23h59 de 30 de abril de 2019, pela internet.

A declaração pode ser elaborada pelo computador, por meio do PGD IRPF2019, disponível na página da Secretaria da Receita Federal do Brasil na internet, e pelo aplicativo Meu Imposto de Renda. Segundo a Receita, a ferramenta ficará disponível ao longo do dia de hoje, sem um horário definido.

O serviço Meu Imposto de Renda também está disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da RFB na internet, com o uso de certificado digital.

Veja quem deve declarar o imposto.

A Receita espera receber neste ano 30,5 milhões de declarações. Desse total previsto para 2019, a expectativa é que entre 700 mil a 800 mil sejam feitas por tablets e smartphones. No ano passado, foram feitas 320 mil declarações por dispositivos móveis.

Agilidade

Neste ano, o contribuinte pode ter acesso ao status do processamento na noite em que fez a declaração ou no dia seguinte para conferir as pendências. Entretanto, segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, o contribuinte deve esperar um pouco se verificar alguma inconsistência porque pode haver casos em que a empresa empregadora ou plano de saúde atrase o envio de dados. “O que libera a declaração sãos os cruzamentos feitos pela declaração. Espere um pouco mais”, disse.

Agora também é obrigatório o preenchimento do número do CPF de dependentes residentes no país. A Receita vinha incluindo essa informação gradualmente na declaração. No ano passado, era obrigatório informar CPF para dependentes a partir de 8 anos.

Com Agência Brasil

Comentários