FecharX

Gasolina será vendida a R$ 2,52 nesta quinta-feira em posto de BH

Serão cinco mil litros do combustível com desconto de quase 50%


Créditos da imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Main gasolina arquivo marcelo camargo ag%c3%aancia brasil
Redação Sou BH
29/05 às 10:33
Atualizado em 29/05 às 11:00

Mais uma ação do Dia Livre de Impostos (DLI) vai contribuir para economia dos belo-horizontinos. Nesta quinta-feira (30), o Posto Pica Pau II, no bairro Carlos Prates (av. do Contorno, 10.325), vai vender o litro da gasolina por R$ 2,5293 a partir das 7h.

Para abastecer por esse valor, o consumidor precisa ficar atento às seguintes condições:

- Desconto limitado aos primeiros 132 automóveis e 30 motocicletas, mediante ordem da fila e sequência de senhas;

- Pagamento deve ser feito apenas em dinheiro;

- Abastecimento limitado a R$ 90 por carro, o que corresponde a 35,58 litros;

- Abastecimento poderá ser feito somente no tanque do veículo, sendo proibida a utilização de vasilhames, galões e outros recipientes para o armazenamento do combustível;

- O posto vai disponibilizar o limite de 5 mil litros nesta ação.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, quase metade do valor do combustível cobrado hoje no Brasil é de imposto. “Considerando a tributação na gasolina, temos o CIDE, PIS/COFINS e ICMS, que somam 46,71% do valor total do produto, que hoje está na faixa de R$ 4,746. Queremos mudar essa realidade que reduz consideravelmente o poder aquisitivo do brasileiro. É muito tributo sem um retorno efetivo para a sociedade em forma de investimentos em serviços essenciais, como saúde e educação”, protesta o dirigente.

Ação na Praça Sete

Também na quinta-feira, 30, o DLI de Belo Horizonte contará com o Mercado do Imposto que será montado pela CDL/BH em plena Praça Sete, no quarteirão fechado da rua Rio de Janeiro. A partir das 8h, o espaço vai expor produtos da cesta básica com e sem encargos para a população observar a diferença de preço.

“Nosso objetivo com essa ação é fazer com que todos vejam como a carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo, que corresponde a uma média de 41,8% do rendimento bruto de cada cidadão. Isto é, uma pessoa que recebe um salário mínimo perde pouco mais que R$ 415 do pagamento sem receber nada em troca”, afirma Marcelo. 

Outros descontos

Além da gasolina, pão, churrasco, chope, remédios e outros produtos estarão com desconto nesta quinta. Mais de 800 estabelecimentos estão participando da ação em BH e cerca de dois mil em todo o Brasil.

Comentários