FecharX

Estudo exclusivo revela que belo-horizontino aumentou consumo de vinho na pandemia

Levantamento da Evino para o Sou BH aponta também quais são os tipos prediletos dos mineiros



Créditos da imagem: Divulgação Evino
Main ari gorenstein  co ceo   evino   3
Segundo a Evino, o vinho preferido do belo-horizontino é o tinto, seguido do rosé e do espumante
Thiago Alves
22/02 às 08:06
Atualizado em 22/02 às 08:06

Ao contrário de diversos setores nos quais a pandemia provocou instabilidade e cenário de incertezas, o de comercialização de vinho em 2020 apresentou crescimento puxado pelo aumento de consumo da bebida. Em Belo Horizonte, por exemplo, houve uma alta de 45% na venda das garrafas no ano passado em relação a 2019, aponta o levantamento do e-commerce Evino, realizado a pedido do Sou BH.

Segundo a Evino, o vinho preferido do belo-horizontino é o tinto, seguido do rosé e do espumante. Os números apontam que o tinto foi responsável por 75% das vendas de garrafas em 2020 na capital dos mineiros, enquanto em todo o estado a fatia da bebida no mercado foi de 77%.

Nos dois últimos anos, o tinto se manteve como o favorito dos mineiros, mas o vinho branco ganhou destaque em 2020. Em Belo Horizonte, em se tratando de garrafas vendidas em 2020, comparando com 2019, o vinho branco teve um crescimento de 94%, o rosé de 58% e o tinto de 40%.

A receptividade dos mineiros a tendências também é um ponto de atenção, já que Minas Gerais foi o segundo estado a adquirir mais rótulos de Vibra!, linha de vinhos em lata da Evino, e o terceiro estado a adquirir mais Bag in Box em 2020.

“No ano passado, devido ao isolamento social, muitas pessoas começaram a apostar no vinho para acompanhar suas refeições, happy hour virtuais e até mesmo momentos de relaxamento. Além disso, as compras migraram para o espaço online, e muitos descobriram no e-commerce uma alternativa a bares e restaurantes”, explica Ari Gorenstein, co-CEO da Evino.

Vinho chileno é o preferido dos mineiros

De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em 2020, o vinho chileno foi o mais consumido pelos mineiros. O país está no topo da lista entre os que mais exportaram a bebida envasada para o estado de Minas Gerais, com 38,6%, o que corresponde a US$ 7,6 milhões.

Depois do Chile, os países que mais exportaram foram Portugal (21,7%), Argentina (18,5%), França (7,6%), Itália (6,3%), Espanha (4,2%), Uruguai (2,7%) e África do Sul (0,2%).

“Ficamos muito empolgados com o resultado das exportações do vinho chileno a Minas Gerais, pois o estado é considerado estratégico para os negócios do setor exportador do Chile”, diz María Julia Riquelme, diretora comercial do ProChile Brasil. 

Tags:
  • vinho
  • Evino
  • belo horizonte
  • tinto
  • rosé
  • branco
  • chileno
Comentários

Comentários