FecharX

Crédito facilitado aquece as vendas de Natal

<p>Melhor situação financeira dos consumidores também é apontada como diferencial em relação ao ano passado</p>


Créditos da imagem: SXC Photo
Main credito
SXC Photo
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02 às 17:31

As expectativas para o Natal dos belo-horizontinos são positivas, segundo Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista da Fecomércio/MG, que entrevistou 135 empresários, de oito regiões da capital. As vendas serão ótimas, boas ou iguais ao ano passado para 74,1% dos empresários entrevistados.

Entre os motivos para o sucesso das vendas no comércio estão as condições de crédito e prazo, com 21,2%, a melhor situação financeira dos consumidores, com 15,9%, além disso, 11,5% acreditam que o comércio está preparado para o Natal.

O endividamento e o recuo da situação financeira do consumidor em relação ao ano passado apareceram nas respostas dos empresários que classificaram que as vendas natalinas serão ruins ou péssimas.

O cartão de crédito, no modo parcelado, será o mais utilizado, de acordo com 76,3% dos empresários. E 54,1% acreditam que o consumidor se endividará mais no Natal deste ano, em relação à mesma época no ano passado.

Pretensão de compra

Para 45,2% dos empresários, os consumidores planejarão apenas uma parte das compras, e o restante será por feita impulso. Os smartphones serão os presentes mais procurados para 12,4% dos empresários entrevistados. Em seguida vieram os tablets (10,7%), roupas (9,8%), celulares (9,2%), computadores (7,4%), brinquedos (6,9%) e calçados (6,7%).

O economista da Fecomércio/MG Gabriel Ivo, avalia que o Natal é a melhor data para o setor varejista, pois a disposição do consumidor em presentear é maior, devido ao apelo emocional da data.

A pesquisa foi realizada no período de 23 de outubro a 27 de novembro de 2013, nas regiões do Barreiro, Centro-Sul, Leste, Nordeste, Noroeste, Oeste, Pampulha e Venda Nova.

Comentários