FecharX

BRT deve aumentar vendas na Avenida Santos Dumont

<p>Comerciantes esperam crescimento de 10% com funcionamento do sistema</p>


Créditos da imagem:
Main grey
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02 às 17:47

Os lojistas da Avenida Santos Dumont estão otimistas para o funcionamento do BRT na região. Uma pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) com 114 comerciantes no período de 4 a 12 de março revelou que 63,64% dos entrevistados acham que as vendas vão aumentar com o funcionamento do sistema rápido de ônibus. Para 25,25% não haverá impacto nas vendas, enquanto 11,11% acreditam que as vendas podem cair.

Perguntados qual será o ganho esperado nas vendas após o funcionamento do BRT, 23,73% acham que será de 6% a 10%. Dos que acreditam que as vendas podem cair com o funcionamento do BRT, 28,57% acham que a queda será de 51% a 60%.

Para 61% dos entrevistados, as obras do BRT foram avaliadas como péssimas, para 21% como regulares, 11% como boas, 4% como ruins, 2% como ótimas e 1% muito boas.

Para reduzir os impactos das obras ou incrementar as vendas, 27,55% dos lojistas reduziram custos de funcionários; 26,53% não adotaram nenhuma medida; 22,45% fizeram liquidação; 16,33% reduziram o estoque; 4,08% reduziram o horário de funcionamento; 2,04% aumentaram o horário de funcionamento ou reduziram gastos com contas de energia e telefonia móvel; e 1,02% fizeram aumento de caixa.

Mesmo com a liberação do tráfego de ônibus na Avenida, a recuperação nas vendas em comparação com o período das obras ainda é lenta. Para 47,73% dos entrevistados ainda não houve recuperação nas vendas. Os lojistas que conseguiram recuperar de 6% a 10% das vendas totalizam 20,45% dos entrevistados. 

Comentários