FecharX

BH recebe primeira Unidade de Atendimento ao Trabalhador

<p>O novo modelo será levado a todos os postos do Sine em funcionamento no Estado</p>


Créditos da imagem:
Main 2706 ctp
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02 às 17:25

Unidade do Sine na região da Gameleira recebe a primeira Unidade de Atendimento ao Trabalhador (UAT). A nova unidade, localizada na rua Cândido de Souza, 510, vai ampliar a oferta de serviços destinados não só ao trabalhador, mas também ao empreendedor.

A apresentação no novo espaço ocorrerá na própria unidade, com a presença do secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Eduardo Bernis, e do subsecretário de Trabalho e Emprego, Helio Rabelo.

Além da intermediação de mão de obra, emissão de carteira de trabalho, do seguro-desemprego e oferta de cursos de qualificação profissional já disponibilizados pelo posto do Sine, a nova unidade também vai oferecer aos usuários a intermediação de autônomos, orientação para o microcrédito, cadastro para vagas de emprego e nos cursos do Pronatec, bem como cursos de competências profissionais para capacitar empreendedores, trabalhadores e empregadores.

Em agosto deste ano, nova unidade da UAT deve ser inaugurada no Centro de Referência da Juventude, que vai funcionar na Praça da Estação, em Belo Horizonte. ?Nossa intenção é levarmos esse novo modelo de atendimento a todos os 136 postos do Sine em funcionamento no Estado?, enfatiza o secretário da Sedese, Eduardo Bernis, lembrando que essa transformação das unidades do Sine em UATs será feita de forma gradativa.

O novo modelo de atendimento da UAT foi planejado de forma que os atendentes sejam capacitados para oferecer um atendimento qualificado aos usuários.  A gestão dos processos de atendimento foi idealizada para fornecer políticas integradas ao cidadão, de forma que ele tenha melhores oportunidades para a geração de trabalho e renda e otimização das suas condições de vida.

?A inauguração da UAT representa um marco para a política de Trabalho, Emprego e Renda de Minas Gerais, por propor a operacionalização de serviços de excelência para o cidadão mineiro que ampliem a renda e garantam oportunidades para a sua inserção ou reinserção no mercado de trabalho?, destaca Bernis.

Fonte: Agência Minas

Comentários