FecharX

Aprenda a manter as finanças da empresa sob controle

Os indicadores de resultados ajudam a medir a saúde do negócio e traçar melhorias


Créditos da imagem: Everything possible/Shutterstock.com
Main 140224 finan%c3%a7as sob controle everything possible.shutterstock
Redação Sou BH
19/09/18 às 11:05
Atualizado em 11/02 às 17:15

A boa gestão financeira é um quesito essencial para a sobrevivência das empresas. Organizar a entrada e saída de recursos, analisar créditos e demonstrativos contábeis, avaliar a manutenção de estoques, acompanhar faturamentos e fluxos de caixa são alguns procedimentos essenciais.

“É fundamental fazer e monitorar os controles financeiros, pois a partir deles o empresário pode traçar metas de crescimento”, explica o analista do Sebrae Minas Clayton Albuquerque. “A boa gestão traz sustentabilidade para o negócio e minimiza os efeitos da instabilidade dos mercados”, acrescenta.

Gestão de indicadores

Os indicadores de resultados estão entre as ferramentas que ajudam a medir a saúde do negócio. Eles são divididos em dois tipos: estratégicos e de qualidade.

Os estratégicos relacionam-se aos objetivos e às metas da empresa e são baseados no desempenho verificado em determinado espaço de tempo, normalmente no último ano. Já os de qualidade levam em conta a característica do negócio, focando itens como produção, pessoal, maquinário, prestação de serviços e fornecedores.

Em uma subdivisão desses indicadores de resultados, existem alguns que, frequentemente, merecem cuidados especiais. Os principais são:

Indicadores de finanças: entre eles, despesas, receitas, lucratividade;

Indicadores de vendas: a taxa de sucesso de vendas, o funil de vendas, as receitas por vendedor e as receitas por região;

Indicadores de recursos humanos: índice de rotatividade dos funcionários, contratações, pesquisa de clima, abstenções.

Por Sebrae/MG


Comentários