FecharX

AML lança concurso de contos

<p>Competição busca reconhecer e incentivar o talento dos jovens mineiros</p>


Créditos da imagem:
Main concurso contos jovens mineiros bh
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02 às 17:20

No próximo dia 1º de maio, serão abertas as inscrições para o primeiro Concurso de Contos da Juventude. O objetivo central é incentivar o fazer literário e a cultura de Minas Gerais, levando o resultado dessa união para a praça pública, em evento que distribui, gratuitamente, livros nos espaços públicos de Belo Horizonte.

A competição é fruto da parceria inédita entre o projeto Livro de Graça na Praça, a Academia Mineira de Letras, a Academia de Letras do Ministério Público (AMMP), a Associação dos Magistrados de Minas Gerais (Amagis) e a Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais.

Poderão participar do Concurso alunos regularmente matriculados em escolas do ensino médio - públicas ou particulares - residentes e domiciliados nas cidades de Belo Horizonte, Contagem, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia, Varginha e cidades circunvizinhas a essas. Basta ter um conto inédito, com o máximo de quatro laudas, sendo cada lauda com o máximo de quatro mil caracteres. O tema é livre.

Os interessados em participar deverão apresentar o conto em dois envelopes lacrados e endereçados a ?I Concurso Mineiro de Contos da Juventude" da seguinte forma:

- em um envelope com exclusiva identificação por pseudônimo do candidato, contendo três cópias do conto;
- em outro envelope, contendo internamente a identificação completa do autor, com endereço e externamente o pseudônimo como remetente, devendo tal envelope ser inserido no primeiro envelope.  

Os textos poderão ser entregues pessoalmente, sob protocolo, ou enviados pelo Correio à Regional da Amagis de uma das cidades citadas, até o dia 30 de maio. Na documentação apresentada deverão ser incluídos nome do estabelecimento de ensino, sua direção e professor(a) do concorrente.

Mais informações pelo e-mail comunicacao@iof.mg.gov.br.

 

 

Comentários