FecharX

Alunos de escolas estaduais aprendem sobre trânsito

<p>Atividade propõe o ensino de noções de segurança viária e qualidade de vida</p>



Créditos da imagem:
Main grey
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:51

Cerca de 1.460 alunos de diversas escolas estaduais de Belo Horizonte participam, nesta semana, de uma atividade voltada para a educação no trânsito. O Programa ?Na Pista Certa?, uma iniciativa da Fundação Mapfre em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, tem o objetivo de trabalhar com os jovens o conhecimento e respeito à sinalização viária, promovendo atitudes responsáveis e cívicas em relação ao trânsito. A atividade é realizada dentro da Escola Estadual Menino Jesus de Praga e participam alunos de seis a dez anos de idade, matriculados nos anos iniciais do ensino fundamental e atendidos pelo programa Educação em Tempo Integral.

As atividades para as escolas, que iniciaram na segunda (3) e vão até sexta (7), começam com uma visita dos estudantes a uma carreta customizada, onde escutam uma história que aborda segurança viária, noções de cidadania e qualidade de vida.  Depois, as crianças vão para uma pista que simula uma cidade com placas de trânsito com semáforos, faixa de pedestre, etc. Munidas de capacetes, cotoveleiras e joelheiras, utilizam bicicletas ou triciclos para aplicar os conceitos citados na história. Toda a atividade será acompanhada por monitores treinados que também os orientarão sobre o conteúdo pedagógico. A cada dia, um grupo de alunos de escolas diferentes participará da atividade. No sábado (8), as atividades serão abertas ao público em geral.

Além de aprenderem sobre a sinalização viária, os alunos aprenderão a importância das regras de convivência e de valores como solidariedade, respeito, inclusão e gentileza para a segurança e integridade das pessoas no tráfego. A atividade também pretende conscientizá-los sobre as relações entre transporte particular, coletivo e meio ambiente, abordando temas como emissão de gases poluentes, poluição sonora etc.

Participam alunos das escolas estaduais Menino Jesus de Praga, Professor Batista Santiago, Getúlio Vargas, Jornalista Jorge Paes Sardinha, Professor Alberto Mazoni, São Pedro São Paulo, Geraldina Ana Gomes, Siria Marques da Silva, Professora Maria Coutinho, Professor João Câmara, José Heilbuth Gonçalves, Afrânio de Melo Franco, Coronel Manoel S. do Couto, Sarah K. Itamarati, Filomena Catizani.

Comentários