FecharX

Alfabetização de alunos da rede estadual atinge marca histórica

<p>Nível de letramento recomendado foi alcançado por mais de 90% dos estudantes que fizeram o teste</p>



Créditos da imagem:
Main criancas
Redação Sou BH
12/08/14 às 10:37
Atualizado em 01/02/19 às 17:19

Aplicado no final do ano passado, o Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) 2013 constatou que o nível de conhecimento em Língua Portuguesa entre os alunos de oito anos deu um expressivo salto.

Na rede estadual, pela primeira vez na história (a avaliação começou a ser aplicada em 2006), o nível de letramento recomendado foi alcançado por mais de 90% dos estudantes que fizeram o teste. O resultado é um recorde e foi divulgado nesta terça-feira (18) pela secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola.

Objetivamente, o percentual foi de 92,3%. O que, em outras palavras, quer dizer que 92,3% (mais de 70 mil alunos, em números absolutos) leem, escrevem, interpretam e fazem síntese de textos dentro do nível considerado recomendado.

Comparativamente, significa um aumento de cinco pontos percentuais em relação ao exame anterior, apurado em 2012, quando 87,3% dos alunos estavam no nível recomendado. Se comparado com o primeiro resultado, em 2006, o salto é ainda mais expressivo. Naquele ano o Proalfa identificou que o percentual de alunos no padrão recomendável de letramento em Língua Portuguesa era de 48,6%.

Todos os anos, o Proalfa avalia o nível de letramento dos estudantes de oito anos de idade matriculados no 3º ano do ensino fundamental, etapa que também é chamada de ?fim do ciclo de alfabetização?. O programa de avaliação ainda é estendido à totalidade das escolas municipais do Estado. Ao todo, são 7.948 escolas avaliadas, sendo 24,91% (1.980) estaduais e 75,09% (5.968) municipais.

Fonte: Agência Minas

 

Comentários