FecharX

'Semana de Artes Virtuais' mistura performance, fotografia e moda

Programação on-line e gratuita segue até domingo (28)



Créditos da imagem: Paulo Evander Castro
Main rafael bqueer   foto paulo evander castro
Rafael Bqueer resgata a personagem Alice, interpretada pelo ator Jorge Lafond no desfile da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, assinado por Joãozinho Trinta, em 1991
Redação Sou BH
24/02 às 17:35
Atualizado em 24/02 às 17:35

A ‘Semana de Artes Visuais do Circuito Municipal de Cultura’ começou nesta quarta-feira (24) com a exibição de dois trabalhos em vídeo no YouTube da Fundação Municipal de Cultura. Gravado na Comunidade Maxakali de Aldeia Verde, em Ladainha, a 446 quilômetros de Belo Horizonte, o curta “Yãmîys”, do diretor de cinema mineiro Isael Maxakali, apresenta os “espíritos” do panteão, como a onça, o quati e o javali. No vídeo "Alice e o Chá através do Espelho [Chá Olímpico]”, Rafael Bqueer resgata a personagem Alice, interpretada pelo ator Jorge Lafond no desfile da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, assinado por Joãozinho Trinta, em 1991. Ambos os vídeos ficam disponíveis para visualização até 30 de abril.


Na quinta-feira (25) inicia as atividades formativas da programação. A primeira é a oficina virtual “Figurino em Ação num Carnaval Silencioso”, com a mineira Arianne Vitale. O encontro virtual será às 15h, com duração de duas horas, voltada para qualquer interessado na criação e experimentação de figurinos carnavalescos. Para participar, é preciso ter acesso à plataforma Zoom, e possuir em mãos tesoura e materiais para fixar sobre o corpo, como roupas, tecidos, fitas e adornos. As vagas são limitadas e o ingresso deve ser recolhido no Sympla.

Na sexta-feira (26), às 20h, é a vez de “Fotozine: Leitura e Apresentação de Publicações Independentes”, com o artista visual e fotógrafo mineiro Douglas Mendonça. Trata-se de um recorte da pesquisa do palestrante sobre autoras e autores mineiros que possuem material publicado de forma independente por meio de fanzines e fotolivros. Douglas Mendonça investiga linguagens e narrativas imagéticas principalmente da fotografia de rua, dos retratos e da fotografia experimental. O vídeo será exibido no YouTube da Fundação Municipal de Cultura, e no Facebook e site do Circuito.

No sábado (27), às 15h, acontece a oficina “Montando uma Exposição ‘na tora’”, do artista, pesquisador e produtor cultural Luiz Lemos. A atividade se divide em duas partes: primeiro, a partir do dia 22, será disponibilizada no YouTube da Fundação Municipal de Cultura uma videoaula voltada para artistas e interessados das artes visuais, que busca, por meio de experiências do ministrante, facilitar a organização de mostras visuais desenvolvidas com baixo recurso e pouco apoio. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas até o dia 26, pelo link da Sympla.

No domingo (28), quem fecha a programação é a live “Estado de presença: Uma partilha entre Berna Reale e Maria Eugênia Salcedo”. A premiada artista paraense conversa com a educadora e pesquisadora mineira às 20h, com exibição pelo YouTube da Fundação Municipal de Cultura e pelo Facebook do Circuito. Logo depois, haverá a exibição de um trecho da obra “Dançando na Chuva”, que conta com vídeos e fotos da artista dançando a música-tema do filme de Gene Kelly em um lixão.


Tags:
  • Semana de Artes Virtuais
  • Yãmîys
  • Isael Maxakali
  • Rafael Bqueer
  • Jorge Lafond
  • Alice e o Chá Através do Espelho
Comentários

Comentários