FecharX

Samuel Rosa é o convidado da banda Os Marcianos

Show, que será realizado na Torre Alta Vila, é parte do projeto #ClaroExperiências


Créditos da imagem: Divulgação
Main samuel rosa 20140928132423
Samuel Rosa é o convidado da banda Os Marcianos, pelo projeto #ClaroExperiências
Redação Sou BH
12/01/15 às 18:06
Atualizado em 01/02 às 18:00

Por Débora Gomes jornalista Sou BH

Reverenciar o rock da década de 1990 é a proposta da banda Os Marcianos. Formada por PJ, baixista do Jota Quest, Kiko Perez, guitarrista do Natiruts, e Xande Tamietti, baterista do Pato Fu, a banda se apresenta no sábado (4), dentro da programação do projeto #ClaroExperiências, com um convidado bem especial: o cantor e compositor Samuel Rosa, do Skank.

No palco, a banda faz um apanhado geral do rock’n’roll, com releituras de canções que foram sucesso nos anos 90 e ainda são lembradas pelos amantes do gênero. Sem a intenção de ser uma banda cover, mas um tributo aos maiores grupos de rock do planeta, Os Marcianos já receberam, nos vocais, cantores como Digão, dos Raimundos, e Tico Sta Cruz, do Detonautas.

Para o próximo show, o segundo da banda pelo projeto #ClaroExperiências, os músicos não economizam no repertório e recebem o mineiro Samuel Rosa, que coleciona apresentações com outros artistas como Fernanda Takai, com quem gravou a canção “Pra Curar essa Dor” e, recentemente, subiram ao palco no Festival Natura, apresentando um show com músicas dos dois artistas. Outro convidado d noite é Podé Nastácia, que divide o palco com os músicos pela primeira vez. O show “Os Marcianos convida Samuel Rosa”, na Torre Alta Vila (Rua Senador Milton Campos, 115. Vila da Serra. Nova Lima), começa às 22h, de sábado (4).

O projeto #ClaroExperiências surgiu no início de 2014, com o intuito de movimentar a cena cultural da capital mineira, apresentando atrações musicais e proporcionando encontros musicais, em shows gratuitos e pocket shows espalhados por BH. Até agora, o projeto já reuniu mais de 50 mil pessoas, em apresentações realizadas na Praça da Savassi, Parque das Mangabeiras e outras casas noturnas da capital. 


Comentários