FecharX

O magnifico piano de Arthur Moreira Lima

Músico se apresenta na Série Pianista do projeto Concertos no Teatro Bradesco


Créditos da imagem:
Main arthur 20140926141732
O pianista Arthur Moreira Lima se apresenta em BH no Teatro Bradesco
Redação Sou BH
20/01/15 às 17:16
Atualizado em 01/02/19 às 18:00

Por Camila de Ávila jornalista Sou BH

Desde julho deste ano, o Centro Cultural Minas Tenis Clube e Teatro Bradesco  (Rua da Bahia, 2244. Lourdes) apresentam a Série Pianistas dentro da temporada 2014-2015 de “Concertos Teatro Bradesco”. São apresentados recitais de música clássica com grandes nomes do gênero e, no dia 30 de setembro, às 20h30, é a vez do pianista Arthur Moreira Lima.

Arthur Moreira Lima é o exemplo de que o talento é algo que se nasce e se aprimora com estudo. Começou a tocar aos seis anos de idade e quando contava nove já ousava interpretar a obra de Mozart acompanhado pela Orquestra Sinfônica Brasileira. Segundo o escritor Eric Nepomuceno, Moreira Lima é “o mais brasileiro dos grandes pianistas de formação erudita da nossa história”.

O músico começou a ter seu talento reconhecido quando participou do Concurso Chopin de Varsóvia, em seguida ganhou os concursos Leeds (Inglaterra) e Tchaikovsky (Moscou). Considerado uma importante personalidade da cultura nacional, foi protagonista da primeira audição do Concerto n. 1 de Villa-Lobos no Japão, Rússia, Áustria e Alemanha, em seguida resgatou a obra de Ernesto Nazareth (1863-1934) tendo seu disco recebido o prêmio Sharp de Música, atual Prêmio da Música Brasileira, por duas vezes consecutivas, em 1989 e 1990. A interpretação de Moreira Lima para a obra de Nazareth está na lista das melhores gravações daquele ano da Stereo Review Magazine, revista especializada em música.

Aventurando-se pela música argentina, Moreira Lima gravou um disco somente com a obra de Astor Pizzola (1921-1992), lançado em 1999, pelo selo Olympia. Este disco foi muito bem aceito pela crítica francesa e suíça sendo considerado “Disco do Mês” pela revista Répertoire e pela revista Tipptopp da Suíça. Por esta gravação ele recebeu o seguinte elogio da revista BBC Music: “Moreira Lima é um marcante e eloquente campeão de Piazzolla. Este CD certamente irá converter os céticos". Estados Unidos, Inglaterra, Rússia, Japão, Suíça, Bulgária e Polônia já foram palco para as gravações de Arthur Moreira Lima.

No repertório do concerto do pianista estão J. S. Bach (1685-1750) e Myra Hess (1890-1965) com Coral da Cantata 147 “Jesus, Alegria dos Homens”; Beethoven (1770-1827), Sonata em dó sustenido menor op.27 nº2, “Ao Luar”, Allegro sostenuto, Allegretto e Presto – Agitato; Chopin (1810-1849), Noturno em dó menor op.48 nº1, Polonaise em lá bemol maior op.53, Scherzo em si bemol menor nº2 op.31; Villa Lobos (1897-1959), O Trenzinho do Caipira, O Polichinelo; Piazzolla (1921-1992) Adiós, Nonino, Pixinguinha (1897 – 1973) e João de Barro (1907-2006), Carinhoso.

O projeto

A Série Pianistas na temporada 2014-2015 dos Concertos no Teatro tem como objetivo trazer para o público a interpretação de grandes pianistas para grandes momentos da música clássica.

A primeira artista a se apresentar foi a pianista ucraniana Valentina Lisitsa, em seguida, dia 30 de setembro é a vez do brasileiro Arthur Moreira Lima. No dia 28 de outubro, a italiana Glória Campaner. Em 11 de novembro, o brasileiro Maurício Hazan. Para encerrar será a vez de Nelson Freire, no dia 10 de dezembro.


Comentários