FecharX

Milton Nascimento ganha homenagem no Palácio das Artes

Sucesso no Rio e São Paulo, espetáculo apresenta 48 canções compostos e gravadas por Bituca


Créditos da imagem: Divulgação
Main milton 1 20140914181159
Espetáculo faz homenagem aos 50 anos de carreira do cantor
Redação Sou BH
20/01/15 às 17:23
Atualizado em 01/02/19 às 17:59

Por Camila de Ávila jornalista Sou BH

Depois de Elis Regina, é a vez do cantor e compositor Milton Nascimento ganhar uma homenagem emocionante no palco do Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 - Centro) nos dias 20 e 21 de setembro. Embora tenha nascido no Rio de Janeiro, em 1942, o “Bituca”, como é carinhosamente chamado pela família e amigos, é um mineiro de coração. Por isso, a expectativa pelo musical “Milton Nascimento – Nada será como antes” é grande. O espetáculo fez temporadas de grande sucesso em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, tanto de público e crítica.

O espetáculo não conta com uma narrativa linear (com começo, meio e fim), nem com diálogos ou tramas, e sim com 48 canções (compostas ou gravadas) por Milton Nascimento em seus 50 anos de carreira e 70 de vida. Os 14 atores e músicos em cena levam o público a fazer uma viagem pela história da música brasileira e pela carreira do talentoso Milton.

Dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho, o espetáculo foi feito como um presente para o artista mineiro, segundo Botelho. "Na primeira reunião, a gente perguntou ao Milton: você quer participar ou receber como presente? Ele respondeu: quero o presente. E a partir dali, a gente fez para dar de presente", contou Botelho em evento de divulgação do espetáculo em São Paulo.

A escolha das músicas para o espetáculo “foi um inferno”, segundo Möeller. Colocar toda a obra de Milton Nascimento em um espetáculo de 90 minutos é uma missão impossível, por isso, os diretores contaram com a liberdade toral dada pelo próprio Bituca. No repertório, os clássicos Bola de Meia, Bola de Gude, Aqui É o País do Futebol, A Cigarra, Um Girassol da Cor do Seu Cabelo, Nuvem Cigana, Cais, Caçador de Mim, Encontros e Despedidas, Faca Amolada, Nada Será Como Antes e O Que Foi Feito Deverá fazem parte do musical. Para não parecer com um show, o conceito de estações foi criado, sendo que um grupo de músicas representa cada estação. Por exemplo, o verão de Milton seriam as músicas do Clube da Esquina.

Comentários