FecharX

Mercado Central será homenageado pelo Samba Queixinho no carnaval de 2020

O bloco vai celebrar a diversidade e o acolhimento do espaço, com 90 anos de história


Créditos da imagem: Jane Linhares Fotografia
Main jane linhares
Redação Sou BH
03/02 às 17:00
Atualizado em 04/02 às 17:16

O bloco Unidos do Samba do Queixinho vai homenagear, em seu desfile de 2020, um espaço amado por todos os mineiros: o Mercado Central, que completa 90 anos. O cortejo acontece no dia 23 de fevereiro, a partir das 14h30.

 

O bloco vai celebrar a diversidade e o acolhimento do Mercado, Considerado um dos principais lugares e símbolos de Belo Horizonte. Ao todo, serão 80 ritmistas comandados pelo mestre de bateria Gustavo Caetano. O Queixinho tem o samba das escolas de samba, como identidade principal.


Para Gustavo Caetano, idealizador do Queixinho, a homenagem celebra algo que sintetiza o espírito mineiro. "No mercado cabe todo mundo. Lá, você encontra gente de todos os gêneros, faixas etárias e classes sociais, assim como é o carnaval de rua de Belo Horizonte. Não há diferenciação entre as pessoas. Na verdade, a gente fala que o Mercado é a praia do mineiro. E a praia é isso: ela abraça todo o mundo. Por isso o Mercado é a praia do mineiro, porque ele também abraça todo mundo”, explica. 


A concentração será na Praça do Encontro, que fica na rua da Bahia, com rua Goiás. De lá, o grupo e os foliões seguirão até o Mercado Central para abraçar simbolicamente o homenageado.

Tags:
  • homenagem
  • Mercado Central
  • carnaval 2020
  • Unidos do Samba do Queixinho
Comentários

Comentários