FecharX

Dia Nacional do Rádio! Conheça algumas curiosidades sobre o veículo no Brasil

Data homenageia o nascimento do Pai da Rádio Brasileira, fundador da primeira rádio no país



Créditos da imagem: BrAt82/shutterstock
Main destaque brat82
Redação
25/09 às 21:39
Atualizado em 25/09 às 21:39

Hoje, 25 de setembro, é comemorado o Dia Nacional da Rádio, uma homenagem ao nascimento de Roquette Pinto, médico legista e membro da Academia Brasileira de Letras e da Academia Brasileira de Ciências, fundador da primeira rádio no país e considerado o Pai da Rádio Brasileira. Presente no dia a dia dos brasileiros há muitos anos e gerações, esse meio de comunicação em massa passou por evoluções e ganhou novas formas de levar entretenimento e informação à população.

A Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, primeira rádio do Brasil, foi fundada em 1922, quando Roquett convenceu a Academia Brasileira de Ciências a comprar os equipamentos que precisava para a primeira transmissão, feita então em 7 de setembro do mesmo ano, comemorando o centenário da Independência do Brasil. Na época, o então presidente Epitácio Pessoa testou o sistema em um discurso veiculado por 80 alto-falantes.

Até o final dos anos 1920, o rádio era um meio de comunicação experimental. Foi só em 1932 que o presidente Getúlio Vargas assinou um decreto que autorizava as emissoras a contemplarem 10% de sua programação com propagandas publicitárias, o que levou a uma expansão da radiodifusão no país, dando início a era do rádio comercial.

A Voz do Brasil, noticiário de transmissão obrigatória até hoje, ganhou vida em 1935, durante o governo Getúlio Vargas e inicialmente chamava Programa Nacional, quando apenas o presidente e seus aliados políticos faziam pronunciamentos. A obrigatoriedade de transmissão passou a valer em 1938, com horário fixo das 19 às 20h, e seu nome mudou para A Hora do Brasil. Só em 1971 adotou o nome que mantém hoje em dia.

Outra curiosidade é a primeira rádio-novela, que foi ao ar em 1941 pela Rádio Nacional. Com o nome “Em Busca da Felicidade”, ela foi escrita pelo cubano Leandro Blanco e patrocinada pelo creme dental Colgate.

Rádio na era da internet

Com as evoluções tecnológicas e a chegada da era da internet, o rádio tradicional perdeu um pouco de espaço, apesar de ainda ser usado por muitas pessoas hoje em dia.

Como o momento é de interação, pedindo conexão entre as pessoas, muitas estações de rádio se adaptam da melhor forma, sem deixar que esse meio tão tradicional de comunicação se perca. Hoje existe a Web rádio, um serviço de transmissão de áudio via internet que gera áudio em tempo real, e que possibilita também gravar a programação. Assim, unindo a programação transmitida pelo meio convencional, unida à internet, permite maior alcance de audiência e interação com os ouvintes.

Ah, vale lembrar que o podcast, apesar de ter suas diferenças em relação ao rádio, é uma forma de adaptação desse meio de comunicação que vem ganhando espaço no meio digital.

Tags:
  • sou bh
  • rádio
  • dia nacional do rádio
Comentários

Comentários