FecharX

Conheça o contexto de criação do roteiro de Vice, um dos destaques do Oscar

O filme conta a história de Dick Cheney, vice-presidente do governo Bush, considerado um dos ‘arquitetos’ da Guerra do Iraque


Créditos da imagem: Reprodução/Annapurna Picture
Main vice reprodu%c3%a7%c3%a3o annapurna pictures
Redação Sou BH
30/01 às 14:47
Atualizado em 01/02 às 11:58

Por Izabela Ventura

 

Com oito indicações, Vice é um dos destaques do Oscar 2019. O filme estreia nesta quinta-feira (31) no Brasil, contando a história de Dick Cheney, vice-presidente do governo de George W. Bush, entre 2001 e 2009. Além de conferir atuações impecáveis, você vai aprender um pouco mais sobre o contexto de problemas diplomáticos entre os Estados Unidos e o Oriente Médio, que culminaram na ‘guerra ao terror’.

 

O longa concorre nas categorias de Melhor Filme, Roteiro Original, Diretor (Adam McKay), Edição e Maquiagem e Cabelo. Merecidamente, três membros do elenco estão no páreo: Christian Bale, que fez uma transformação incrível para interpretar Cheney, para Melhor Ator; Sam Rockwell, na pele de Bush, para Melhor Ator Coadjuvante e Amy Adams, como a esposa e escritora Lynne Cheney, para Melhor Atriz Coadjuvante.

 

Toda a trajetória do ex-vice-presidente é retratada, desde os primeiros acordos na formação da chapa à corrida presidencial. Cheney, membro do partido Republicano, foi chefe de gabinete da Casa Branca na década de 1970, e Secretário da Defesa dos EUA entre 1989 e 1993. Sempre com forte atuação em assuntos bélicos como a invasão do Kuwait e a Guerra do Golfo.

 

Para aceitar o cargo proposto por Bush, ele impõe as condições de ter poderes sobre o exército, a energia e política exterior. O acordo foi prontamente aceito.

 

O contexto da guerra

 

Tanto Cheney quanto Bush seguiam uma linha de raciocínio com a premissa de que os EUA precisavam, acima de tudo, firmar sua posição como líderes globais. O país seria obstinado a promover a paz e democracia no mundo.

 

Conforme explica o professor de Relações Internacionais da PUC Minas, Jorge Lasmar, quando Bush assumiu o governo, o New American Foundation – grupo de intelectuais com ideias que misturavam liberalismo com realismo –, conseguiu ocupar cargos de alto escalão. Com uma política de neoconservadorismo, eles implantaram ações concretas de militarização da política externa americana.

 

“Antes dos atentados de 11 de setembro os EUA consideravam três opções de intervenções no Iraque: invasão, golpe de estado ou fomentar mudanças por meio de pressão internacional. O ataque ao World Trade Center foi a desculpa para essas ações, apesar de o Iraque não ter tido ligações com a Al Qaeda, que assumiu a autoria do ocorrido.”

 

Estreias da semana

 

Depois de ver o trailer de Vice, acompanhe as principais estreias desta semana. Lembrando que clientes Claro têm 50% de desconto na sala Premier, no Net Cineart Ponteio.

 


 

Uma Nova Chance

 

Jennifer Lopez e Milo Ventimiglia (o Jack da série This is Us) estrelam esta comédia light e de bom gosto. A atriz e cantora é Maya, uma caixa de supermercado insatisfeita com sua vida profissional. Mas tudo muda quando seu currículo é ‘maquiado’ e ela acaba ingressando como uma executiva de sucesso numa grande empresa.

 


 

Normandia Nua

 

Com o típico humor ácido francês, Normandia Nua retrata uma situação extrema e peculiar na pequena cidade de Mêle sur Sarthe, na Normandia, onde os agricultores vêm sofrendo com uma crise econômica. Quando um fotógrafo famoso, conhecido por deixar multidões nuas em suas obras, passa pela região, há a chance de chamar a atenção das autoridades sobre o problema.

 


 

A Sereia - Lago dos Mortos

 

Quem gosta de filmes de terror com toque sobrenatural tem A Sereia como opção. Ele reinventa a antiga lenda da criatura metade humana e metade mulher que, não só tenta ter os homens para si, como aterroriza suas amadas.

 


 

O Menino Que Queria Ser Rei

 

O principal lançamento para levar as crianças é uma versão da história de Rei Arthur. Desta vez, quem retira a espada Excalibur da pedra é Alex, um menino de apenas 12 anos, que sofria bullying na escola. Ele precisa se fortalecer para enfrentar a meia-irmã do rei, Morgana, e impedi-la de retomar o poder.

 


 

Comentários