FecharX

Para além dos super-heróis! Confira filmes cults e produções alternativas que estão em cartaz em BH

Tem longas europeus, brasileiros, de drama, além de documentários e biografias entre as obras selecionadas pra você


Créditos da imagem: Divulgação/Sony Pictures + Nick Wall
Main films
Redação Sou BH
16/05 às 16:04
Atualizado em 22/05 às 18:00

Não só de blockbusters e super-heróis vive o cinema. Os dramas, as produções alternativas também têm espaço de honra entre os grandes nomes da sétima arte. E as telonas de BH estão cheias de opções para quem quer conhecer um pouco mais desse universo. Tem filmes europeus, brasileiros, dramas, documentários, biografias e por aí vai. Confira!  

A Espiã Vermelha

Em 1938, uma estudante britânica se apaixona por um jovem comunista e acaba sendo convocada pelo Comitê de Segurança Russo (KGB) para atuar como espiã do governo de Stalin no Reino Unido. Depois de mais de cinquenta anos de serviço, ela é descoberta e presa.


Kardec

O filme narra a jornada de Allan Kardec, desde quando trabalhava como educador em Paris, até iniciar seu trabalho no espiritismo ao lado da esposa Amélie-Gabrielle Boudet.

Amanda

Um jovem de 20 anos está acostumado a procrastinar tudo na vida. Após sua irmã mais velha morrer num ataque, ele precisa mudar a postura imatura e cuidar da sobrinha orfã de sete anos, Amanda. 

O Anjo

Carlos Robledo Puch está preso há 45 anos, o período mais longo de detenção na história da Argentina, porque confessou ter cometido onze assassinatos, mais de quarenta roubos e uma série de sequestros. Quando sua identidade foi revelada para o público, ele ganhou o apelido de Anjo da Morte, graças aos seus cachos e rosto angelical, tornando-se uma celebridade instantânea no país. 


Entardecer

Em 1913, durante o declínio do Império Austro-Húngaro, Irisz retorna à sua cidade natal, Budapeste, depois de passar alguns anos vivendo num orfanato. Após um período, ela descobre que o nome de sua família está manchado em toda cidade. 

Varda por Agnès

De mãe da Nouvelle Vague a ícone feminista, a diretora francesa Agnès Varda expõe seus processos de criação e revela sua experiência com o fazer cinematográfico, revisando sua carreira de 64 anos. 

Quer conferir os outros filmes que estão em cartaz em BH? É só dar uma olhada no portal Sou BH. Além disso, na hora de escolher o cinema, lembre-se de que clientes Claro têm 50% de desconto na sala Premier, no Net Cineart Ponteio.

Tags:
  • bh
  • cultura
  • cinema
  • filmes
Comentários

Comentários