FecharX

Centro de BH conta com um quarteirão cultural

Museu Inimá de Paula, CRModa e Centro de Cultura BH


Créditos da imagem: Divulgação
Main inim%c3%a1 20140918204637
Galeria do Museu Inimá de Paula
Redação Sou BH
20/01/15 às 17:21
Atualizado em 01/02/19 às 18:00

Por Débora Gomes jornalista Sou BH

Quem, como sugere o samba de Rômulo Paes, já “subiu Bahia e desceu Floresta” certamente já se deparou com o quarteirão localizado entre a rua dos Guajajaras e a avenida Augusto de Lima. Ali, além do histórico edifício Arcangelo Maletta, encontram-se dois importantes espaços culturais da capital mineira: o Museu Inimá de Paula e o Centro de Cultura Belo Horizonte, que abriga também o Centro de Referência da Moda.

Muitos confundem com igreja, mas o prédio localizado na esquina da rua da Bahia com avenida Augusto de Lima já abrigou uma biblioteca, uma escola de arquitetura, a Câmara Municipal, um museu de mineralogia e outro da Força Expedicionária Brasileira. Com 100 anos de construção (o prédio é de 1914), hoje ele abriga o Centro de Cultura Belo Horizonte e o Centro de Referência da Moda, dois importantes espaços de BH destinados a exposições, seminários, oficinas e outras diversas atividades culturais.

Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA-MG) e pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte, o prédio é um charme, a começar pelas escadas, que expressam bem seu tempo de construção. As portas lembram os elevadores antigos, com grades grossas e escuras. Por dentro, o visitante encontra uma biblioteca, com um acervo disponível apenas para leitura; um espaço digital, que disponibiliza terminais de computador e acesso gratuito à internet de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h30, e aos sábados, das 10h às 16h; uma sala Multimeios, no primeiro andar, destinada a realização de mostras de filmes, palestras, debates e pequenas exposições; um auditório com capacidade para até 47 pessoas e um salão de exposições, destinado prioritariamente à exibição de exposições pertinentes à divulgação do patrimônio cultural da cidade.

Aberto a visitações, o CCBH e CRModa está localizado na rua da Bahia, 1149, Centro. O horário de funcionamento é segunda-feira, das 10h às 19h; de terça a sexta-feira, das 10h às 21h (após as 19h, somente visitação às exposições). Para mais informações, o telefone é 3277-4384 ou pelo e-mail, ccbh.crmoda.fmc@pbh.gov.br.

Subindo um pouquinho mais pela rua da Bahia, encontra-se o Museu Inimá de Paula. Inaugurado em 2008, o espaço possui um acervo permanente dedicado ao pintor Inimá, em um panorama completo de sua vida e obra. Além disso, abriga também um Cine Auditório com modernos equipamentos de áudio e vídeo; um salão, destinado a vernissages e exposições, com capacidade para até 397 pessoas; uma plataforma de exposições temporárias e um mezanino, também destinado a exposições.

Esporadicamente, o museu recebe apresentações musicais, como o projeto Sinfônica no Museu, com apresentações da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, gratuitamente, em seu auditório.

As visitas são gratuitas, tanto às exposições quanto às dependências do museu. O horário de funcionamento varia: de terça-feira a sábado (exceto quinta-feira), das 10h às 18h30; quinta-feira, das 12h às 20h30; e aos domingos, das 12h às 18h30. Para mais informações, o telefone é 3213-4320 e o e-mail é contato@museuinimadepaula.org.br.


Comentários