FecharX

Carnaval em números: BH recebeu 4,3 milhões de foliões em 23 dias de festa

A quantidade de turistas cresceu 18% em relação ao ano passado, a avaliação positiva dos visitantes e moradores também


Créditos da imagem: Júlia Alves/Sou BH
Main baianas
Redação Sou BH
12/03 às 17:17
Atualizado em 12/03 às 17:46

Durante os 23 dias oficiais de carnaval, as ruas de BH receberam 4,3 milhões de foliões – número pouco abaixo dos 4,6 milhões esperados pela Belotur. Deste número, 80,1% eram moradores da Grande BH e 19,9%, visitantes. Com 410 blocos e 447 cortejos, a festa reuniu turistas do interior de Minas, e dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo e Distrito Federal.

Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, o número de turistas na cidade durante os dias do feriado foi de 204 mil pessoas, o que representa um aumento de 18% em relação ao ano passado. Ao todo, foram oito palcos oficiais espalhados por cinco regionais da cidade, com apresentação de 65 atrações. Além dos blocos de rua, também tiveram desfiles de oito escolas de samba e 11 blocos caricatos.

“Nós tivemos o maior carnaval da história dessa cidade. E, ano que vem, provavelmente, bateremos um novo recorde, pois a gente vai aprendendo e tentando fazer a cidade dar o tom da festa. E cabe ao poder público apenas proteger, limpar e organizar, porque o próprio povo se encarrega do sucesso do carnaval”, comentou o prefeito Alexandre Kalil. Que também prometeu um maior planejamento para minimizar os problemas que ocorreram em 2019. O objetivo, segundo o líder do Executivo, é uma festa maior e ainda mais estruturada para o próximo ano.

Para Gilberto Castro, presidente da Belotur, a folia teve avanços na infraestrutura em relação ao ano passado e uma programação mais diversa. “Estamos orgulhosos dos resultados do carnaval de Belo Horizonte, que cresceu com qualidade, com avanços em infraestrutura, segurança e limpeza. Vale ressaltar que está bem mais descentralizado, com programação para todos os tipos de público, em todas as regionais da cidade”, afirmou.


Crédito da Imagem: Júlia Alves/Sou BH

O perfil dos foliões

Para entender um pouco mais o público do carnaval de BH, a Belotur fez uma pesquisa sobre o perfil dos foliões que estiveram nas ruas durante a folia. De acordo com a pesquisa, a maioria dos visitantes (79,6%) e dos moradores (80,2%) avaliou que o evento superou ou atendeu plenamente as expectativas. Entre os visitantes que declararam ter participado em edições anteriores, 68,4% afirmaram que o evento melhorou e mais de 88,4% têm a intenção de voltar em 2020.

A avaliação geral, em uma escala de zero a dez pontos, atingiu o valor de 8,8 pontos na opinião do turista e 8,5 na dos moradores, números superiores aos de 2018.

Além disso, os visitantes ficaram, em média, os quatro dias do carnaval, resultando num gasto médio diário, per capita, de R$ 179,58. No total, os turistas gastaram R$ 718,32 durante todo o evento. Já os moradores apresentaram um gasto de R$ 294,20.