FecharX

Violinista Vadim Gluzman com Orquetra Filarmônica de Minas Gerais

Sala Minas Gerais

Violinista Vadim Gluzman com Orquetra Filarmônica de Minas Gerais

Evento encerrado

Valor entrada

  • 116 Inteira
  • 58 Meia
  • 92 Inteira
  • 46 Meia
  • 68 Inteira
  • 34 Meia
  • 50 Inteira
  • 25 Meia
  • 44 Inteira
  • 22 Meia

Data

13/09 até 14/09

Sex, Sab | 20:30


Créditos da imagem: Marco Borggreve

Reconhecido entre os maiores violinistas da atualidade, Vadim Gluzman volta a se apresentar com a Filarmônica de Minas Gerais e interpreta o Concerto para violino nº 2 em sol menor, op. 63, do compositor russo Prokofiev, nos dias 13 e 14 de setembro, às 20h30. Um caleidoscópio de timbres e sons vai invadir a Sala Minas Gerais com a interpretação de uma das obras mais ricas e imponentes do início do século passado: as suítes do balé Daphnis et Chloé de Ravel. Abrindo o programa das duas noites, a Orquestra faz a estreia mundial da obra Aurora Borealis, composta pelo vencedor do Festival Tinta Fresca no ano passado, Marcelo Dino. A regência é do maestro Fabio Mechetti.

 

Na série de palestras sobre obras, compositores e solistas, promovidas pela Filarmônica antes das apresentações, entre 19h30 e 20h, o público poderá assistir aos comentários da bailarina e figurinista Joana Farnezi. As palestras são gravadas em áudio e ficam disponíveis no site da Orquestra.

 

Os ingressos variam entre R$ 22 (meia – coro) e R$ 116 (inteira – balcão principal) e eles vão ficar disponíveis para compra, tanto no site, quanto nas bilheterias da Sala Minas Gerais, no dia 10 de setembro, às 12h.

 

Vadim Gluzman

 

A maestria artística de Vadim Gluzman dá vida a tradição violinística dos séculos XIX e XX. O músico israelense já se apresentou com orquestras como as filarmônicas de Berlim, Londres e Israel, a Orquestra de Cleveland e as sinfônicas de Chicago, Boston e Londres. Juntamente com sua esposa, a pianista Angela Yoffe, Gluzman fundou o Festival de Música de Câmara North Shore em Illinois. Com extensa discografia, já conquistou prêmios e recomendações das principais publicações da área, como a Diapason, a Gramophone e a Classica. O violinista se apresenta com um Stradivarius de 1690, “ex-Leopold Auer”, generosamente cedido pela Sociedade Stradivari de Chicago.

 

Maestro Fabio Mechetti

 

Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais desde sua criação, em 2008, Fabio Mechetti posicionou a orquestra mineira no cenário mundial da música erudita. Além dos prêmios conquistados, levou a Filarmônica a quinze capitais brasileiras, a uma turnê pela Argentina e Uruguai e realizou a gravação de oito álbuns, sendo três para o selo internacional Naxos. Natural de São Paulo, Mechetti serviu recentemente como Regente Principal da Filarmônica da Malásia, tornando-se o primeiro regente brasileiro a ser titular de uma orquestra asiática.


Fabio Mechetti é Mestre em Regência e em Composição pela Juilliard School de Nova York e vencedor do Concurso Internacional de Regência Nicolai Malko, da Dinamarca.

Pontos de venda

A partir das 12h, do dia 10 de setembro, os ingressos ficam disponíveis:

Bilheteria da Sala Minas Gerais;

Site da Filarmônica.

Tags:
  • sala minas gerais
  • vadim gluzman
  • bh
  • orquestra filarmonica de minas gerais
Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.