FecharX

Residência de Jovens Negras nas Artes Visuais

Centro de Referência de Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado

Residência de Jovens Negras nas Artes Visuais

  • Gratuito

Data

10/10 até 26/10

Seg, Ter, Qua, Qui, Sex, Sab, Dom | 10:00

16/10 até 23/10

Seg, Ter, Qua, Qui, Sex, Sab, Dom | 14:00 - 18:00

21/10 até 24/10

Seg, Ter, Qua, Qui | 10:00 - 12:00

26/10 até 26/10

Sab | 10:00 - 16:00


Créditos da imagem: GuadiLab / Shutterstock.com

Entre os dias 10 e 26 de outubro de 2019, acontece no Centro de Referência de Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado, na Região Norte de Belo Horizonte, a primeira edição do projeto Residência de Jovens Negras nas Artes Visuais. A iniciativa é uma idealização da rede Mulheres Negras nas Artes (MUNA) e realizada com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.


As artistas Amália Coelho e Dayane Tropicaos vão participar de uma imersão criativa para desenvolvimento de seus projetos, acompanhadas de Ana Lira, artista visual, Amanda Carneiro, curadora, e Mametu N’kise Muiandê, a Mãe Efigênia, matriarca do Quilombo Manzo Nguzo Kaiango, que farão a orientação e estímulo durante o processo.


A escolha das artistas que compõem o projeto não se deu por acaso. Tanto as residentes quanto as mentoras têm pontos específicos que contribuem para a realização das atividades de forma a combater preconceitos e dar visibilidade a arte produzida por pessoas negras, em específico as mulheres. Para o público, serão oferecidas atividades para pensar e experimentar as etapas e processos sobre a cadeia produtiva das artes visuais, um encontro aberto das artistas com a mestra Mametu Muiandê e, para finalizar, haverá uma mostra de processos e bate-papo com as artistas contando um pouco de como foi a experiência durante a imersão.

 

Fique por dentro do que vai rolar!

 

10 a 26 de outubro - Residência Jovens Negras nas Artes Visuais


16 e 23 de outubro - Cadeia Produtiva das Artes Visuais, oficina com Fabíola Rodrigues

Horário: 14h às 18h

Local: Tenda Bosquinho

Programação: aberta

Participantes: jovens de 15 a 18 anos 

Inscrições: online ou presencial


19/10 - Encontro com Mametu Munhandê

Horário: 10h às 12h

Local: Em frente a Mini Usina
Entrada gratuita sem necessidade de inscrição


21 a 24/10 - Montagem Mostra de Processos

Horário: 10h às 12h

Local: Mini Usina
Entrada gratuita sem necessidade de inscrição


26/10 - Mostra de processo e bate-papo com as artistas

Horário: 10h às 16h

Local: Mini Usina
Entrada gratuita sem necessidade de inscrição


A MUNA


A MUNA foi criada em 2016, a partir de experiências pessoais e da constatação de invisibilidade de mulheres negras com representatividade na arte contemporânea brasileira, principalmente no contexto das artes visuais. A ideia surgiu do fazer de mulheres negras que trabalham nesse segmento artístico e têm como objetivo principal o fortalecimento da rede de mulheres negras nesse nicho, a fim de incentivar e estimular o protagonismo destas artistas dentro do cenário da arte contemporânea.

Tags:
  • Mulheres Negras
  • MUNA - Mulheres Negras nas Artes
  • Residência de Jovens Negras nas Artes Visuais
  • MUNA
Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.